Levantamento etnoveterinário de plantas medicinais em uma comunidade rural da região da campanha: estudo preliminar / Ethnoveterinary survey of medicinal plants in a rural community in the campaign region: preliminary study

Vinícius Silva Cheuiche Oberto, Simone Silva Medeiros, Alessandra Collares Brinhol, Fernando Pereira de Menezes, Patrícia de Freitas Salla, Ana Paula Simões Menezes

Abstract


A etnoveterinária pode ser definida como um conjunto de práticas relacionadas com a prevenção ou com a cura de enfermidades dos animais. A necessidade de documentação reside em evitar que com o passar do tempo esse conhecimento popular seja perdido. O estudo se caracteriza como um levantamento preliminar, que tem como objetivo investigar e resgatar o conhecimento etnoveterinário de uma comunidade rural da região da Campanha, no município de Bagé-RS. Foi possível entrevistar aleatoriamente 30 pessoas, moradores e proprietários rurais radicados na região. Utilizou-se um questionário semiestruturado, contendo variáveis sócio-econômicas e informações referentes aos produtos naturais, especificamente a espécies vegetais utilizadas para tratamento da saúde animal. Foram registradas 28 formulações medicamentosas, sendo descritas 27 de origem vegetal e uma de origem animal. As plantas medicinais identificadas estão reunidas em 19 famílias botânicas, sendo aproximadamente 70% destas de ocorrência natural no Rio Grande do Sul. Os entrevistados relataram tratamentos para enfermidades dos sistemas digestório, genito-urinário e tegumentar; afecções parasitárias; repelente de insetos; intoxicação e outras indicações específicas. O estudo envolveu indicações apenas para animais domésticos de companhia e de produção, restringindo-se ao que foi relatado nas entrevistas, não havendo acompanhamento clínico durante a pesquisa. Os resultados obtidos com este trabalho, mesmo que preliminares, contribuem para o conhecimento de espécies da flora regional e demonstram que o conhecimento popular da localidade possui um potencial que pode ser explorado de maneira mais aprofundada em estudos futuros.


Keywords


Etnoveterinária; Plantas medicinais; Fitoterapia; Conhecimento popular veterinário; Região da Campanha.

References


ALMEIDA, K. S.; FREITAS, F. L. C.; PEREIRA, T. F. C. Etnoveterinária: a fitoterapia na visão do futuro profissional veterinário. Revista Verde, v. 1, n. 1, p. 67-74, 2006.

AMORIM, W. R.; SOUSA, C. P.; MARTINS, G. N.; MELO, E. S.; SILVA, I. C. R.; CORRÊA, P. G. N.; SANTOS, A. R. S. S.; CARVALHO, S. M. R.; PINHEIRO, R. E. E.; OLIVEIRA, J. M. G. Estudo etnoveterinário de plantas medicinais utilizadas em animais da microrregião do Alto Médio Gurguéia–Piauí. PUBVET, v. 12, p. 1-5, 2018.

BARACUHY, J. G. V.; FURTADO, D. A.; FRANCISCO, P. R. M.; LIMA, J. L. S.; PEREIRA, J. P. G. Plantas medicinais de uso comum no Nordeste do Brasil. 2 Ed. Campina Grande: EDUFCG, 2016. 104 p.

BARBOZA, R. R. D.; SOUTO, W. M. S.; MOURÃO, J. S. The use of zootherapeutics in folk veterinary medicine in the district of Cubati, Paraíba State, Brazil. Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine, v.3, n.32, p.1-14, set. 2007.

BATTISTI, C.; GARLET, T. M. B.; ESSI, L.; HORBACH, R. K.; ANDRADE, A.; BADKE, M. R. Plantas medicinais utilizadas no município de Palmeira das Missões, RS, Brasil. Revista Brasileira de Biociências, v. 11, n. 3, p. 338-348, 2013.

BOELTER, R. Plantas medicinais usadas na medicina veterinária. 2 Ed. São Paulo: Andrei, 2010. 322p.

CEOLIN, T.; HECK, R. M.; BARBIERI, R. L.; SCHWARTZ, E.; MUNIZ, R. M.; PILLON, C. N. Plantas medicinais: transmissão do conhecimento nas famílias de agricultores de base ecológica no Sul do RS. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 45, n. 1, p. 47-54, 2011.

CEOLIN, T.; HECK, R. M.; BARBIERI, R.L.; SOUZA, A. D. Z.; RODRIGUES, W. F.; VANINI, M. Plantas medicinais utilizadas como calmantes por agricultores ecológicos da região Sul do Rio Grande do Sul, Brasil. Journal of Nursing UFPE on line, v. 3, n. 4, p. 1034-1041, 2009.

DI STASI, L. C. Plantas medicinais verdades e mentiras: o que os usuários e os profissionais da saúde precisam saber. São Paulo: UNESP, 2007. 133p.

GALDINO, M.; STAMATO, B.; TASSI, M.E.; MOREIRA, R.; PESTELLI, M.; BERGAMO, A.PEREIRA, S. Incentivo da utilização de produtos de plantas medicinais dos coletivos de mulheres do assentamento rural Pirituba II em animais de produção. Cadernos de Agroecologia, v. 2, n. 2, p. 70-85, 2007.

IBGE. Censo demográfico 2010. [Rio de Janeiro], 2010. Disponível em . Acesso em: 02 jul. 2019.

JOSHI, A. R.; JOSHI, K. Indigenous knowledge and uses of medicinal plants by local communities of the Kali Gandaki Watershed Area, Nepal. Journal of Ethnopharmacology, v.73, n. 1-2, p.175-83, 2000.

MARINHO, M. L.; ALVES, M. S.; RODRIGUES, M. L. C.; ROTONDANO, T. E. F.; VIDAL, I. F.; SILVA, W. W.; ATHAYDE, A. C. R. A utilização de plantas medicinais em medicina veterinária: um resgate do saber popular. Revista Brasileira de Plantas Medicinais. v.9, n.3, p.64-69, fev. 2007.

McCORKLE, C.M. An introduction to ethnoveterinary research and development. Journal of Ethnobiology, v.6, n.1, p.129-149, 1986.

MONTEIRO, M. V. B. Estudo etnoveterinário de plantas medicinais com atividade antihelmíntica. Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Veterinária, Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza, p. 151. 2010

OLIVEIRA, L. S. T.; CUNHA E SILVA, S. L.; TAVARES, D. C.; SANTOS, A.V.S.; OLIVEIRA, G. C. B. Uso de plantas medicinais no tratamento de animais. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 5, n. 8, 2009.

RADOMSKI, M. I. Plantas medicinais: tradição e ciência. In: Embrapa Florestas-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: SEMANA DO ESTUDANTE UNIVERSITÁRO, 1., 2003, Colombo. Florestas e Meio Ambiente: palestras. Colombo: Embrapa Florestas, 2003., 2003.

RIO GRANDE DO SUL. Secretaria da Saúde. Portaria SES/RS 588/2017. Porto Alegre, 2017. Disponível em . Acesso em: 08 jul. 2019

SILVA, W. M. O.; SOUZA, G. F. X. T.; VIEIRA, P. B.; SANAVRIA, A. Uso popular de plantas medicinais na promoção da saúde animal em assentamentos rurais de Seropédica–RJ. Revista Brasileira de Ciência Veterinária, v. 20, n. 1, p. 32-36, 2013.

SIMÕES, C. M. O., MENTZ, L. A., SCHENKEL, E. P., IRGANG, B. E.; STEHMANN, J. R. Plantas da medicina popular no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: UFRGS, 1988. 173p.

VIU, A. F. M.; VIU, M. A. O. Cerrado e etnoveterinária: o que se sabe em Jataí-GO?. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 6, n. 3, p. 49-61, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-125

Refbacks

  • There are currently no refbacks.