A prática do enfermeiro auditor: uma revisão da literatura / The practice of the nursing auditor: a literature review

Ítalo Arão Pereira Ribeiro, Gabriela da Costa Soares, Conceição de Maria Vaz Elias, Letícia Lacerda Marques, Andréa da Silva Araújo, Juliana Nunes Lacerda, Morgana Boaventura Cunha, Shirlei Marly Alves

Abstract


A auditoria em enfermagem torna-se importante no aprimoramento da qualidade da assistência de enfermagem prestada nas instituições de saúde. Atualmente, a tendência do desempenho do enfermeiro auditor envolve, além da concepção burocrática voltada para os custos, a gestão dos recursos aliada à qualidade do produto, ou seja, da assistência e do cuidado ao cliente. O objetivo desse estudo foi realizar levantamento e análise da produção técnico-científica acerca das práticas do profissional enfermeiro auditor. Para realizar a pesquisa bibliográfica foram selecionados 12 artigos nacionais acerca do tema indexados no Lilacs e no SciELO. Após análise dos artigos emergiram duas categorias: auditoria de custos assistenciais e auditoria da qualidade da assistência. O estudo evidenciou que a o enfermeiro auditor apresenta crescente inserção no mercado de trabalho, tanto às atividades voltadas à área de contábil como para a qualidade, em torno do cliente, tornando uma ferramenta de grande importância para a qualidade do serviço prestado ao cliente, servindo como instrumento para a melhoria do cuidado, fomentando as instituições e serviços de saúde com dados e indicadores acerca da qualidade do cuidado bem como garantindo, conforme necessidades do mundo atual, redução dos custos em saúde, uma vez que os procedimentos estão cada vez mais complexos e onerosos.


Keywords


Auditoria de enfermagem. Prática profissional. Enfermagem.

References


ANTUNES, A .V.; TREVIZAN, M .A. Gerenciamento da qualidade: utilização no serviço de enfermagem. Rev. Latino Ame. Enfermagem. Ribeirão Preto, jan. 2000.

BEZERRA, A. L. Q. et al . O processo de educação continuada na visão de enfermeiros de um hospital universitário. Rev. Eletr. Enf., Goiânia , v. 14, n. 3, set. 2012. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2015.

CECCON, R. F. et al. Enfermagem, auditoria e regulação em saúde: um relato de experiência. REME Rev. Min. Enferm; v.17, n.3, p.695-699, jul-set. 2013.

CHINAGLIA, K. A. Importância da Auditoria de Enfermagem para as Instituições de Saúde. [monografia na internet]; 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 de nov. 2015.

COFEN Resolução n. 266, de 25 de outubro de 2001. Aprova atividades de Enfermeiro Auditor [legislação na Internet]. Brasília; 2001. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2015.

COSTA, M. S. et al . Auditoria em enfermagem como estratégia de um marketing profissional. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 57, n. 4, p. 497-499, Aug. 2004. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

DIAS, T. C. L. et al . Auditoria em enfermagem: revisão sistemática da literatura. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 64, n. 5, p. 931-937, Oct. 2011. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

FALK, J. Gestão de custos para hospitais. São Paulo: Atlas, 2001.

FERREIRA, T. S. et al. Auditoria de enfermagem: o impacto das anotações de enfermagem no contexto das glosas hospitalares. Aquichán, Bogotá , v. 9, n. 1, Jan. 2009. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2015.

GALVÃO, C.R. Estudo do papel da auditoria de enfermagem para a redução dos desperdícios em materiais e medicamentos. . Rev. Bras. Enferm, Brasília, v. 2, n. 26, p. 275-82, abr/jun. 2002.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GUIMARÃES, M. R., SANTOS, E. E. Análise das contribuições da auditoria em enfermagem. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, Três Corações, v. 12, n. 2, p. 51-58, ago./dez. 2014. Disponível em: < http://revistas.unincor.br/index.php/revistaunincor/article/view/1396/pdf_188> Acesso em: 13 nov. 2015.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de Metodologia Científica. 7ª. ed. São Paulo; Ed. Atlas, 2010.

MOTTA, A. L. C. Auditoria de Enfermagem nos Hospitais e Operadoras de Planos de Saúde. São Paulo: Iátria, 2010.

PADILHA, E. F.; MATSUDA, L. M. Qualidade dos cuidados de enfermagem em terapia intensiva: avaliação por meio de auditoria operacional. Rev. Bras. Enferm., Brasília, v. 64, n. 4, p. 684-691, Aug. 2011. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2015.

PINTO, K. A.; MELO, C. M. M. A prática da enfermeira em auditoria em saúde. Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo , v. 44, n. 3, p. 671-678, Sept. 2010. Disponível em: . Acesso em: 13 nov. 2015.

POSSARI, J. F. Prontuário do Paciente e os Registros de Enfermagem. 2. ed. São Paulo: Iátria, 2008.

SANTI, P. A. Introdução à auditoria. São Paulo: Atlas; 1988.

SCARPARO, A. F.; FERRAZ, C. A. Auditoria em Enfermagem: identificando sua concepção e métodos. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 61, n. 3, p. 302-305, June 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

SCARPARO, A. F. et al . Tendências da função do enfermeiro auditor no mercado em saúde. Texto Contexto - Enferm., Florianópolis , v. 19, n. 1, p. 85-92, Mar. 2010. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

SETZ, V. G.; D'INNOCENZO, M. Avaliação da qualidade dos registros de enfermagem no prontuário por meio da auditoria. Acta Paul. Enferm., São Paulo , v. 22, n. 3, p. 313-317, June 2009. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

SILVA, J. A. et al. Avaliação da qualidade das anotações de enfermagem em unidade semi-intensiva. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro , v. 16, n. 3, p. 577-582, Sept. 2012.1. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

SILVA, M. V. S. et al . Limites e possibilidades da auditoria em enfermagem e seus aspectos teóricos e práticos. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 65, n. 3, p. 535-538, June 2012.2. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

SIQUEIRA, P.L. F. Auditoria em saúde e atribuições do enfermeiro auditor. Caderno Saúde e Desenvolvimento. Curitiba v.3, n.2.Jul/dez 2014. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.

Vituri D., Matsuda L. Analysis of nursing records as to care quality: a retrospective descriptive exploratory study of quantitative approach. Online Braz J Nurs. [serial online]. v.7, n. 1, Dez. 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-084

Refbacks

  • There are currently no refbacks.