Remember – Uma proposta de jogo para cuidadores de portadores de Alzheimer / Remember - A game proposal for caregivers of Alzheimer's patients

Marcos Vinicius Hernandes da Silva Carreiro, Victor Takeshi Teruya, Matheus Henrique Vicente Faria, Vinicius Buosi Kasperavicius, Ramon Araújo Felix Carvalho, Alcides Teixeira Barboza Junior

Abstract


Alzheimer é uma doença comum em pessoas com idade mais avançada entre 60 a 65 anos, mas também afeta pessoas de outras faixas etárias, porém é algo raro de acontecer. Em sua maioria, é uma demência sem cura, porém com tratamento para diminuir seu efeito, o objetivo do jogo citado nesse artigo é ensinar para os cuidadores alguns métodos possíveis de tratamento de pessoas com essa doença. Os portadores da doença obtêm uma demência que afeta tanto as memórias quanto o corpo e a mente, e para que a doença não avance rapidamente essas pessoas precisam que seu cognitivo seja estimulado. Em sua maioria, as pessoas que cuidam são familiares ou amigos, que algumas vezes tem acompanhamento em psicólogos, contudo não sabem os procedimentos a serem tomados em sua casa. Assim o jogo mostrará a elas, tanto pessoas sem conhecimento quanto com conhecimento, como alguém com essa doença pode reagir a estímulos cognitivos dados a ela. Os elementos abordados durante a gameplay (experiência de jogo), são embasados e estudados em artigos científicos, como estímulos para o portador da demência com objetos, sons, músicas, tarefas do dia a dia, dentre outros. Esses estímulos serão apresentados como objetivos para o jogador completar, cada objetivo trará uma memória e fará o jogador avançar na história e conhecer mais o personagem e sua trajetória de vida, e com isso irá conscientizar o cuidador mostrando o que acontece ao personagem ao ser exposto a tal estimulo.


Keywords


alzheimer, jogo, seriousgame.

References


B. Gutierrez, H. Silva, C.Guimarães, A. Campino.Impacto econômico da doença de Alzheimer no Brasil: é possível melhorar a assistência e reduzir custos. 07 abr. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/csc/v19n11/1413-8123-csc-19-11- 4479.pdf Acessado em: 09 Mai. 2018.

M.Prince, A. Herrera, M. knapp, M. Gurchet, M. Karagiannidou. World Alzheimer Report 2016. Set. 2016.

Disponível em:

https://www.alz.co.uk/research/WorldAlzheimerReport2016.pdf Acessado em: 11 Mai. 2018.

M. Oliveira, M. Ribeiro, R. Borges, S. Luginger. Doença de Alzheimer Perfil neuropsicológico e Tratamento. Abr. 2005. Disponível em:

http://www.psicologia.pt/artigos/textos/TL0032.PDF Acessado em: 11 Mai 2018.

M.Guerreiro. Neuropsicologia e Estimulação Cognitiva no Défice Cognitivo Ligeiro e Demências. Disponível em: http://alzheimerportugal.org/alzheimerportugal.org/public/Text.php

?section_id=35&text_id=31 Acessado em: 14 Mai 2018.

M.Albuquerque, L. Nascimento, S. Lyra, M. Trezza, M. Brêda. Os efeitos da música em idosos com doença de Alzheimer de uma instituição de longa permanência. Abr/Jun 2012. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/revista/v14/n2/pdf/v14n2a21.pdf Acessado em: 13 Abr 2018.

T.Cruz, S. Sá, M. Lindolpho, C. Caldas. Estimulação cognitiva para idoso com Doença de Alzheimer realizada pelo cuidador. 19 abr 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v68n3/0034- 7167-reben-68-03-0510.pdf Acessado em: 15 Mai 2018.

T.Holanda, P. Barboza, D. Mejia. Tratamento fisioterapêutico em pacientes acometidos por Alzheimer: Referência bibliográfica. Disponível em:

http://portalbiocursos.com.br/ohs/data/docs/30/38_-

_Tratamento_fisioterapYutico_em_pacientes_acometidos_por_Alz heimer_ReferYncia_bibliogrYfica..pdf

Acessado em: 12 Mai 2018.

M.Carretta, S.Scherer. PERSPECTIVAS ATUAIS NA PREVENÇÂO DA DOENÇA DE ALZHEIMER. 02 Set 2011. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/RevEnvelhecer/article/viewFile/14368/23 187

Acessado em: 20 Abr 2018.

D. Carter. ALZ. Mar 2014.Disponivel em: http://www.dylcar.com/alz/ Acessado em: 18 Abr 2018.

A.Tarvet. Forget-Me-Knot. 11 Mai 2015. Disponível em: http://www.alexanderjamestarvet.com/forget-me-knot/ Acessado em: 18 Abr 2018.

Glitchers. Sea Hero Quest. 3 Mai 2016. Disponível em: http://www.seaheroquest.com/site/en Acessado em:18 Abr 2018.

A.S.Castilho, C. Correia, F. Alves, H. Macedo, J.Martins A. Veloso,

M. Vairinhos. MindGym: Jogos para doentes com Alzheimer?. Disponível em:

https://www.researchgate.net/publication/297019976_MindGym_J ogos_para_Doentes_com_Alzeimer?enrichId=rgreq- ac4512997c56e6d7fdd4aad867cd929d- XXX&enrichSource=Y292ZXJQYWdlOzI5NzAxOTk3NjtBUzoz MzY3NDI2Nzk4OTE5NjlAMTQ1NzI5NzExOTc5NA%3D%3D&

el=1_x_3&_esc=publicationCoverPdf Acessado em: 17 Mai 2018.

B.Bouchard, F. Imbeault, A. Bouzouane B. Menelas. Developing serious games specifically adapted to people suffering from Alzheimer. Disponível em: https://mail.google.com/mail/u/0/#inbox/163654a49965cdd5?proje ctor=1&messagePartId=0.1 Acessado em: 17 Mai 2018




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-068

Refbacks

  • There are currently no refbacks.