Exsicatas como recurso didático: contribuições para o ensino de botânica / Exsicate as didactic resource: support for the teaching of botany

Ariade Nazaré Fontes da Silva, Eduardo Bezerra de Almeida Jr, Mariana Guelero do Valle

Abstract


A exsicata é a unidade básica dos acervos de um Herbário aplicada aos saberes científicos e também um recurso didático. Temos como objetivo a elaboração de exsicatas didáticas como recurso auxiliar no ensino de botânica. Foram coletados espécimes botânicos em uma escola pública e posteriormente foram herborizados e identificados. Foram identificadas sete espécies. No papel cartão, as plantas foram costuradas e inserida a ficha de identificação. Por se tratar de uma exsicata didática, foi acrescido o nome da escola, importância e indicação de uso. Depois de confeccionadas, as exsicatas foram armazenadas em caixas plásticas e ficaram disponíveis na escola. As exsicatas destacam-se como recurso didático a ser utilizado em aulas práticas, em projetos de extensão para o reconhecimento de espécies medicinais, ornamentais, alimentícias ou tóxicas, bem como atividades que tornem as aulas de botânica integrativas, atrativas e que sensibilizem os alunos sobre a importância das plantas na manutenção da biodiversidade

 

 


Keywords


Plantas.Herbário.Educação.

References


ALMEIDA Jr et al. Herbário MAR como espaço de integração de atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão. UnisantaBioscience, v. 6. n. 5. p 145-150. Edição Especial. 2017.Acesso em 13 mar.,2018.

APG IV. An update of the Angiosperm Phylogeny Groupclassification for the orders and families of flowering plants. Botanical Journal of the Linnean Societyv. 181. P 1-20 may. 2016Acesso em 23 jun., 2018.

BARROSO, G.M. Sistemática de Angiospermas do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo. 1978.

BARROSO, G.M. et al.Frutos e Sementes Morfologia Aplicada à Sistemática de Dicotiledôneas. Viçosa: Editora UFV.1999.

BORTOLUZZI, R.L.C. et al. Ações de extensão no Herbário LUSC no município de Lages, Santa Catarina, Sul do Brasil. Redes de Herbários e Herbários Virtuais do Brasil. UnisantaBioscience. v.6. n. 5. p.139-144. Edição Especial. 2017.Acesso em 13 mar., 2018.

CRIA - Centro de Referência e Informação Ambiental. Specieslink - simplesearch. 2011Acesso em 22. fev. 2018, http://www.splink.org.br/index/ >.

FIGUEIREDO, J.A.; COUTINHO, F. A.;AMARAL, F.C.O Ensino de Botânica em uma abordagem Ciência, Tecnologia e Sociedade. ANAIS DO II SEMINÁRIO HISPANO BRASILEIRO– CTS. p. 488-498, 2012. Acesso em 24 fev. 2018.

Flora do Brasil 2020 em construção. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. 2019. Acesso em: 22. fev. 2019, http://floradobrasil.jbrj.gov.br.

FONSECA, R.S.;VIEIRA, M.F. Coleções botânicas com enfoque em Herbário. Viçosa: Ed. UFV; p 33-34. 2015.

LOPES, J.M.D.C.;LINK, D. Implantação de um horto didático de plantas bioativas no município de Tupanciretã. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental.v.2. n.2. p. 225 - 250. 2011.Acesso em 24 fev. 2018.

MACHADO, C. C.;AMARAL, M.B.Memórias Ilustradas: Aproximações entre Formação Docente, Imagens e Personagens Botânicos.Alexandria, Revista de Educação em Ciência e Tecnologiav.8. n.2. p.7-20. jun. 2015Acesso em 24 fev. 2018.

MORENO, E. J. El Hernario como Recurso como Recurso para elAprendizaje de laBotática. Acta BotánicaVenezuélica v.30 n.2. p 415-427. 2007. Acesso em 24 fev. 2018.

PEIXOTO, A.L.;MORIM, M.P.Coleções botânicas: documentação da biodiversidade brasileira. Ciência e Cultura v.55. n.3. jul/sept.2003. Acesso em 15 mar., 2018.

PEIXOTO, A.L.; MAIA, L.C. Manual de Processamento para Herbário. Recife: Editora Universitária-UFPE.2013.

SCHWANKE, C. et al.Organização Interativa de Coleções Didáticas em Biologia.Interagir: Pensando a Extensão. n. 1. p. 49-52, ago. 2001. Acesso em 15 mar., 2018.

Souza, V.C.;Lorenzi, H.Botânica sistemática: guia ilustrado para identificação das famílias de fanerógamas nativas e exóticas no Brasil, baseado em APG II. 2ª ed. Instituto Plantarum, São Paulo, Nova Odessa. 2008.

SILVA, N.M.L. et al.Montagem de um material didático de plantas medicinais como instrumento de divulgação cientifica e transposição didática. In:Barzano, M.A.L.; Cunha, M.M.S.,editors.V ENCONTRO REGIONAL DE ENSINO DE BIOLOGIA, OLHARES PARA EDUCAÇÃO EM BIOLOGIA: ESCOLA, VIDA E CULTURA. 2013. Rio Grande do Norte. Anais do V Encontro Regional de Ensino De Biologia do Nordeste. Natal. 2013. Impresso.

WIGGERS, I.; STANGE, C.E.B. Manual de Instruções para Coleta, Identificação e Herborização de Material Botânico. Laranjeiras do Sul: Programa de Desenvolvimento Educacional- SEED. 2008. Acesso em 15 mar., 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-061

Refbacks

  • There are currently no refbacks.