Efeito de diferentes substratos no desenvolvimento inicial de mudas de Handroanthus impetiginosus (Mart. ex DC) / Effect of different substrates on the initial development of Handroanthus impetiginosus (Mart. ex DC) seedlings

Débora de Melo Almeida, Bruna Rafaella Ferreira da Silva, João Gilberto Meza Ucella Filho, Alex Nascimento de Sousa, Thalles Luiz Negreiros da Costa, José Augusto da Silva Santana

Abstract


 

Nos viveiros florestais do país são produzidas mudas de espécies florestais para diversos fins, destacando-se os reflorestamentos comerciais e a recuperação de áreas degradadas. Porém, ainda há necessidade de se conhecer misturas de substrato de baixo custo e de fácil aquisição, que proporcionem pleno desenvolvimento das mudas. Desse modo, este trabalho teve como objetivo avaliar o desenvolvimento inicial das mudas de Handroanthus impetiginosus submetidas a três diferentes tipos de substratos. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, composto por 3 tratamentos e 5 repetições, constituídas de 10 plântulas cada. Os substratos utilizados foram vermiculita (controle), areia + composto orgânico e areia + terra preta. As variáveis avaliadas foram o comprimento da parte aérea, diâmetro do coleto, número de folhas e a massa seca da parte aérea e da raiz. Os valores médios obtidos para o comprimento da parte aérea, diâmetro do coleto, número de folhas e massa seca da parte aérea e da raiz das mudas de Handroanthus impetiginosus, apresentaram diferença estatística entre si, indicando que o tipo de substrato utilizado influencia diretamente no crescimento e desenvolvimento da espécie. As maiores médias para as características morfológicas avaliadas foram obtidas no substrato constituído por areia + composto orgânico. Portanto, recomenda-se a sua utilização para a produção de mudas de qualidade a baixo custo.


Keywords


silvicultura, viveiro florestal, qualidade de mudas, ipê-roxo.

References


ALVARES, C. A.; STAPE, J. L.; SENTELHAS, P. C.; GONÇALVES, J. L. M.; SPAROVEK, G. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v. 22, n. 6, p.711-728, 2014.http://dx.doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507

ALVES, F. J. B.; FREIRE, A. L. O. Crescimento inicial e qualidade de mudas de ipê-roxo (Handroanthus impetiginosus (Mart. ex DC) Mattos) produzidas em diferentes substratos. ACSA, v. 13, n. 3, p.195-202, 2017.http://dx.doi.org/10.30969/acsa.v13i3.877

AYRES, M.; AYRES JÚNIOR, M.; AYRES, D. L.; SANTOS, A. A. BIOESTAT – Aplicações estatísticas nas áreas das ciências bio-médicas. Ong Mamiraua. Belém, PA. 2007.

BRAGA JÚNIOR, J. M.; BRUNO, R. L. A.; ALVES, E. U. Emergência de plântulas de Zizyphus joazeiro Mart (Rhamnaceae) em função de substratos. Revista Árvore, v. 34, n. 4, p.609-616, 2010.https://doi.org/10.1590/S0100-67622010000400005

CALDEIRA, M. V. W.; BLUM, H.; BALBINOT, R.; LOMBARDI, K. C. Uso do resíduo do algodão no substrato para produção de mudas florestais. Ciências Agrárias e Ambientais, v. 6, p.191-202, 2008. https://doi.org/10.7213/cienciaanimal.v6i2.10472

CALDEIRA, M. V. W.; DELARMELINA, W. M.; LÜBE, S. G.; GOMES, D. R.; GONÇALVES, E. O.; ALVES, A. F. Biossólido na composição de substrato para a produção de mudas de Tectona grandis. Floresta, v. 42, n. 1, p.77-84, 2012. http://dx.doi.org/10.5380/rf.v42i1.26302

CALDEIRA, M. V. W.; DELARMELINA, W. M.; PERONI, L.; GONÇALVES, E. O.; SILVA, A. G. Lodo de esgoto e vermiculita na produção de mudas de eucalipto. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 43, n. 2, p.155-163, 2013. https://doi.org/10.1590/S1983-40632013000200002

CARNEIRO, J. G. A. Métodos de produção e controle de qualidade de mudas florestais. Curitiba: UFPR; FUPEF; Campos dos Goytacazes: UENF, 1995. 451 p.

DICKSON, A.; LEAF, A. L.; HOSNER, J. F. Quality appraisal of whitespruceand white pine seedling stock in nurseries. Forest Chronicle, v. 36, p.10-13, 1960.

DUTRA, T. R.; GRAZZIOTTI, P. H.; SANTANA, R. C.; MASSAD, M. D. Desenvolvimento inicial de mudas de copaíba sob diferentes níveis de sombreamento e substratos. Revista Ciência Agronômica, v. 43, n. 2, p.321-329, 2012.

GOMES, J. M.; PAIVA, H. N. Viveiros florestais (propagação sexuada). Viçosa: UFV, 3 ed., 2004. 116 p.

GOMES, J.M. Parâmetros morfológicos na avaliação da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis, produzidas em diferentes tamanhos de tubete e de dosagens de N-P-K. 2001. Tese (Doutorado) – Departamento de Engenharia Florestal, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2001.

HUNT, G. A. Effect of styroblock design and cooper treatment on morphology of conifer seedlings. In: Proceedings of Target Seedling Symposium, Meeting of the Western Forest Nursery Associations. Fort Collins: USDA Forest Service, 1990. p.218-222.

LIMA, P. R.; HORBACH, M. A.; DRANSKI, J. A. L.; ECCO, M.; MALAVASI, M. M.; MALAVASI, U. C. Avaliação morfofisiológica em mudas de Handroanthus impetiginosus (Mart. ex DC.) Mattos durante a rustificação. Floresta e Ambiente, v. 21, n. 3, p.316-326,2014. http://dx.doi.org/10.1590/2179-8087.058813

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil. 6.ed. Nova Odessa: Plantarum, 2014. 1v.

LUZ, J. M. Q. MORAIS, T. P. S. BLANK, A. F. SODRÉ, A. C. B. GUEDMILLER, S. Teor, rendimento e composição química do óleo essencial de manjericão sob doses de cama de frango. Horticultura Brasileira, v. 27, n. 3, p.349-353, 2009.https://doi.org/10.1590/S0102-05362009000300016

MARTINS, L.; LAGO, A. A. DO; CÍCERO, S. M. Conservação de sementes de ipê-roxo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 16, p.108-112, 2012. https://doi.org/10.1590/S1415- 43662012000100014

MIRANDA, J. F.; BATISTA, I. M. P.; TUCCI, C. A. F.; ALMEIDA, N. O.; GUIMARÃES, M. A. Substrato para produção de mudas de macacaúba (Platymiscium ulei Harms) no município de Autazes, AM. Ciência Florestal, v. 23, n. 4, p.555-562, 2013. http://dx.doi.org/10.5902/1980509812339

MOREIRA, W. K. O.; ALVES, J. D. N.; LEÃO, F. A. N.; OLIVEIRA, S. S.; OKUMURA, R. S. Efeito de substratos no crescimento de mudas de guapuruvú (Schizolobium parahyba (Vell.) S. F. Blake). Enciclopédia Biosfera, v. 11, n. 22, p.1067-1075, 2015. http://dx.doi.org/10.18677/enciclopedia_biosfera_2015_143.

NARCISA-OLIVEIRA, J.; SANTOS, R. N.; MACHADO, B. S.; SILVA, J. G.; PELVINE, R. A.; SILVA, R. M.; RIBEIRO, N.P.; TIBURTINO-SILVA, L. Desenvolvimento inicial de mudas de ipê-roxo em diferentes substratos. In: ZUFFO, A. M. A produção do conhecimento nas Ciências Agrárias e Ambientais. 2. ed. Belo Horizonte: Atena, 2019. Cap. 20. p.173-180. http://dx.doi.org/10.22533/at.ed.852192604

NEGREIROS, J. R. S.; ÁLVARES, V. S.; BRAGA, L. R.; BRUCKNER, C. H. Diferentes substratos na formação de mudas de maracujazeiro-amarelo. Ceres, v. 51, n. 294, p.243-249, 2004.

OLIVEIRA, F. T.; HAFLE, O. M.; MENDONÇA, V.; MOREIRA, N. J.; MENDONÇA, L. F. M. Fontes e proporções de materiais orgânicos na germinação de sementes e crescimento de plantas jovens de goiabeira. Revista Brasileira de Fruticultura, vol. 35, n. 3, p.866-874, 2013. https://doi.org/10.1590/S0100-29452013000300025

OLIVEIRA, L. R.; LIMA, S. F.; LIMA, A. P. L. Crescimento de mudas de cedro-rosa em diferentes substratos. Pesquisa Florestal Brasileira, v. 34, n. 79, p.187-195, 2014. http://dx.doi.org/10.4336/2014.pfb.34.79.605.

PINHO, E. K. C.; LOPES, A. N. K.; COSTA, A. C.; SILVA, A. B. V.; VILAR, F. C. M.; REIS, R. G. E. SUBSTRATOS E TAMANHOS DE RECIPIENTE NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE BARUZEIRO (Dipteryx alata Vog.). Ciência Agrícola, v. 16, n. 1, p.11-19, 2018.

PIVETTA, K. F. L.; SARZI, I.; ESTELLITA, M.; BECKMANN-CAVALCANTE, M. Z. Tamanho do diásporo, substrato e temperatura na germinação de sementes de Archontophoenix cunninghamii (Arecaceae). Revista de Biologia e Ciências da Terra, v. 8, n. 1, p.126-134, 2008.

RONTANI, F. A.; PIRES, J. O. S.; DELLARMELIN, S.; DIAS, T. R.; CANTARELLI, E. B. Desenvolvimento inicial de mudas de Schizolobium parahyba (VELL.) S. F. BLAKE produzidas em diferentes substratos. Enciclopédia Biosfera, v. 14, n. 25, p.391-401, 2017. http://dx.doi.org/10.18677/encibio_2017a37

SILVA, E. A. OLIVEIRA, A. C. MENDONÇA, V. SOARES, F. M. Substratos na produção de mudas de mangabeira em tubetes. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 41, n. 2, p. 279-285, 2011.http://dx.doi.org/10.5216/pat.v41i2.9042

SOUSA, H. S.; SILVA, H. S.; GONÇALVES, D. S.; SOUZA, P. A.; SANTOS, A. F. Efeito de diferentes sistemas de produção de mudas e substratos no desenvolvimento de Enterolobium contortisiliquum. Revista da Universidade Vale do Rio Verde, v. 14, n. 2, p.1093-1100, 2016.http://dx.doi.org/10.5892/ruvrd.v14i2.2940

TRAZZI, P. A.; CALDEIRA, M. V. W.; COLOMBI, R.; GONÇALVES, E. O. Qualidade de mudas de Murraya paniculata produzidas em diferentes substratos. Floresta, v. 42, n. 3, p.621-630, 2012.

WEGRZYN, A.; CHMIELARZ, L.; ZJEŻDŻAŁKA, P.; JABŁOŃSKA, M.; KOWALCZYK, A.; ŻELAZNY, A.; VÁZQUEZ SULLEIRO, M.; MICHALIK, M.; Vermiculite-based catalysts for oxidation of organic pollutants in water and wastewater. Acta Geodynamica et Geomaterialia, v. 10, n. 3, p.341-352, 2013. http://dx.doi.org/10.13168/AGG.2013.0033




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-060

Refbacks

  • There are currently no refbacks.