Análise da influência de estradas não pavimentadas na concentração de metais pesados em áreas agrícolas / Analysis of the influence of unpaved roads in the concentration of heavy metals in agricultural areas

Diogo Murillo Costa Mortoni, Sara Lane Souza Gonçalves, Renata Catani Batista do Nascimento

Abstract


A perda de solo por processos erosivos nas estradas vicinais tem grande poder de evolução, visto a inexistência de uma camada capaz de proteger a via da ação do tempo. A erosão ocorrida nas estradas além do assoreamento, os enxurros podem levar das estradas, nutrientes, metais pesados e outros elementos como material particulado da combustão dos automóveis para as propriedades rurais. Esses elementos podem alterar as características químicas do solo na camada agricultável, podendo ainda, atingir cursos d’água, contribuindo para a sua eutrofização. Diante do exposto, a pesquisa teve o objetivo de identificar a presença de metais pesados no solo de estradas não pavimentadas e a absorção desses elementos pela cultura da soja.  O trabalho foi desenvolvido em estrada rural do município de Palmeiras de Goiás, município pertencente à região Oeste do Estado, localizado a 596 metros de altitude, com precipitação pluviométrica anual de aproximadamente 1.700 mm, temperatura média de 22º C, clima tropical úmido e solo predominante Latossolo Vermelho, textura argilosa com relevo plano (EMBRAPA, 2006). Para avaliação mediu-se a partir início da estrada a distância de 80 metros onde foram amostrados a cada 20 metros solo nas profundidades de 0-10 cm, 10-20 cm e 0-20 cm no centro da estrada. Na área de plantio a partir da margem direita da estrada coletaram-se amostras de solo na camada de 0-20 cm e de folhas do terceiro trifólio da cultura da soja a partir de 1 metro da margem e a cada 10 metros até a distância de 30 metros da estrada. De acordo com as amostras de solo coletadas na estrada que margeia a área cultivada foi identificada a deposição de elementos como Cr, Pb, Cd e Ni no solo, sendo alguns desses elementos também encontrados em folhas de plantas coletadas nas proximidades da estrada. Os níveis de metais pesados encontrados no solo e nas folhas estão dentro dos limites máximos estabelecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para a presença em alimentos destinados ao consumo humano. No entanto, é preciso ressaltar que apesar de estarem abaixo dos níveis considerados críticos por diversas entidades a presença desses metais no solo mesmo que naturalmente pode ser aumentada seja pela deposição de agroquímicos ou combustíveis fósseis podendo elevar a níveis não tolerados para o consumo humano. Desse modo é necessário que seja feito um acompanhamento constante das áreas de cultivos localizadas às margens de estradas a fim de se estabelecer os níveis de metais pesados presentes nos alimentos, garantindo assim a segurança alimentar.

 

 


Keywords


Metais pesados, soja, solo.

References


ALLOWAY, B.J. Heavy metals in soils. 2.ed. London: Blackie Academic & Profissional, 1995. 368p.

ANVISA. Anexo 55871-65. Limite máximo de tolerância de tóxicos inorgânicos encontrados em alimentos. 1965.

BAESSO, D. P.; GONÇALVES, F. L. R., Estradas rurais: técnicas adequadas de manutenção. Florianópolis: DER, 2003. 204 p.

DAVIS, A.P et al. Loading estimates of lead, copper, cadmium and zinc in urban runoff from specific sources. p.997-1009. Vol. 44. Chemosphere, 2001.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 2 ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2006.

EMBRAPA. Manual de métodos de análise de solo. 2.ed. Rio de Janeiro, 1997. 212 p.

INMET. 2012. Rede de Estações Climatológicas. Instituto Nacional de Metereologia.

KABATA-PENDIAS, A.; MUKHERJEE, A.B. Trace elements from soil to human. Berlin: Springer-Verlag. 2007. 550 p.

LOUGH, G. C.; CHAUER, J. J.; PARK, J. S.; SHAFER, S. M.; DEMINTER, J; WEINSTEIN, J. Emissions of metals associated with motor vehicle roadway , Environment Science Technology. v. 39, n. 3, p. 826-836, 2005.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G.C.; OLIVEIRA, S.A. de. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. 2.ed. Piracicaba: POTAFOS, 1997. 319p.

PAIS, I.; BENTON JONES Jr., J. The handbook of trace elements. Boca Raton: St. Lucie Press, 1997. p. 87-88.

SOARES Jr., H. H.; FERREIRA, O. M., Processos Erosivos e Perda de Solo em Estradas Vicinais. Universidade Católica de Goiás. Goiânia – GO. 2007.

WOLT, J. Soil solution chemistry: application to environmental science and agriculture. New York: Wiley Interscience, 1994.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-030

Refbacks

  • There are currently no refbacks.