Utilizando TRIZ na concepção de um carro de papelão / Using TRIZ in the conception of a cardboard car

Antonio Costa Gomes Filho, Luciene Oliveira Cruz, Fernando Antonio Forcellini

Abstract


O objetivo deste artigo é mostrar a utilização da abordagem TRIZ na concepção de um carro de papelão. O uso dos Princípios Inventivos da TRIZ permitiu idealizar esse veículo que, utiliza, entre outros materiais, o papelão, como proposta de material ecologicamente correto e com uso sustentável. Os materiais utilizados na pesquisa foram livros, teses, dissertações e artigos científicos sobre o assunto. Com o uso de um formulário, foi aplicado o Método dos Principios Inventivos (MPI/TRIZ), seguindo os passos para aplicação do método sem o uso da Matriz de Contradições. Após análise dos quarenta principios inventivos, foram utilizados quatro deles (PI14, PI9, PI24, PI28) para gerar alternativas de solução para o problema inventivo analisado. Percebeu-se que o uso livre dos 40 principios inventivos foi a escolha mais adequada ao problema, que, infere-se ser muito complexo.


Keywords


criatividade, inovação sistemática, desenvolvimento de produtos, estratégia cognitiva.

References


ALVES, A. de. C. et al. Aplicação da criatividade atraves da TRIZ e do metodo MASP para a melhoria de um processo produtivo. In: OLIVEIRA, M. do R. et al (Org.) Gestão estratégica para o desenvolvimento sustentável. Ponta Grossa: UEPG, 2007. p. 109-120

CARVALHO, M. A. Modelo prescritivo para solução criativa de problemas nas etapas iniciais no desenvolvimento de produtos. 1999. 167p. Dissertação de Mestrado (curso de pós-graduação em Engenharia de Produção) Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis 1999.

CARVALHO, M. A. Metodologia IDEATRIZ para a ideação de novos produtos. 2007. 232 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Curso de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC , Florianópolis, 2007.

CARVALHO, M. A. de; BACK, N. Uso dos conceitos fundamentais da TRIZ e do Método dos Princípios Inventivos no desenvolvimento de produtos. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO, 3., 2001, Florianópolis. Anais... Florianópolis: […] 2001. p. […] Disponíveis em: . Acesso em: 17 fev. 2009.

CARVALHO, M. A. de; FERREIRA, C. V. A TRIZ e sua utilização no Processo de Desenvolvimento de Produto. In: GERRINI, F. M.; AMARAL, D. C. (Org.) Gestão do Ciclo de Vida dos Produtos. Jaboticabal: Novos Talentos, 2005. p. 182-194. (Coleção Fábrica do Milênio, v. 3)

CARVALHO, M. A. de; BACK, N.; OGLIARI, A. TRIZ no desenvolvimento de Produto: encontrando e resolvendo contradições técnicas e físicas. In: ENEGEP, 25., 2005. Anais... XXV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, ABEPRO, Porto Alegre: 2005.

DEMARQUE, E. TRIZ: Teoria para a Resolução de Problemas Inventivos aplicada ao Planejamento de Processo na indústria automotiva. 2005. 160 f. Trabalho de curso (Mestrado Profissionalizante em Engenharia Automotiva) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

GOMES FILHO, A. C. et al. Ecoeficiência e TRIZ na sustentabilidade do setor bancário: teste do Método para Concepção de Negócios Sustentáveis MCNS-TRIZ. In: VIII Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento - KM BRASIL 2009, 2009, Salvador. Anais do VIII Congresso Brasileiro de Gestão do Conhecimento - KM BRASIL 2009. São Paulo: Mobdesign, 2009. v. 1. p. 01-15.

GOMES FILHO, A. C. Inovação sistemática com responsabilidade social nos empreendimentos de base tecnológica: o modelo MCNS-TRIZ. 2010. 296p. Tese de Doutorado (curso de pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento) Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis 2010.

MALDONADO, M.C.; MONTERRUBIO, R. O.; ARZATE, E. R. (TRIZ) La metodologia más moderna para inventar o inovar tecnologicamente de maneira sistemática. México, D. F.: Panorama, 2004. 170p. Cap. 17

PRIM, M. F. A utilização da Teoria da Solução de Problemas Inventivos (TRIZ) em projetos de Gestão de Processos de Negócios. 2006. 130f. Tese de Mestrado (Curso de Engenharia Aeronáutica e Mecânica) Instituto Tecnológico de Aeronáutica, São Jose dos Campos, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-010

Refbacks

  • There are currently no refbacks.