Participatação da mulher na política: Uma análise bibliométrica da produção acadêmica no período de 2010 a 2018 / Women's participation in policy: An analysis of academic production in the period from 2010 to 2018

Katiane Emanuele Lemos Neto, Rhideme Souza, João César Ferreira, Ivana Carneiro Almeida

Abstract


O objetivo desse estudo é levantar o estado da arte da produção científica nacional acerca da participação da mulher na política através de um estudo bibliométrico. A pesquisa possui natureza teórica de abordagem quantitativa e de caráter exploratório descritivo, refletindo a produção do tema pelos pesquisadores brasileiros no período de 2010 a 2018. A técnica de coleta de dados escolhida foi a pesquisa documental, e os dados foram analisados por meio da estatística descritiva. Utilizou-se também o software Iramuteq para aplicar o método de Classificação Hierárquica Descendente, organizando assim a ocorrência das palavras na análise do corpus textual. Como resultado observou-se uma lacuna nas pesquisas e a necessidade de se publicar mais sobre o tema. Esta pesquisa aponta que a temática da participação da mulher na política requer ainda muitas investigações. Também foi possível verificar que as pesquisas relacionadas à representação política da mulher estão estruturadas em dois eixos principais, um voltado para a política e sua legislação como promoção da participação da mulher no campo da representação política, e, outro sobre o agente político na relação com o partido e suas instancias de representação.


Keywords


Bibliometria; Representação feminina; Mulher; Gênero; Política.

References


ÁLVARES, Maria L. Mirada. O direito do voto e a participação política: a formação da cidadania feminina na “invenção democrática”. In: Mulheres, política e poder. PAIVA, Denise. Org. Goiânia: Cânone Editorial, Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de Goiás, 2011.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana, tradução: Roberto Raposo. 10. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

AVRITZER, Leonardo. Sociedade civil e Estado no Brasil: da autonomia à interdependência política. Opinião Pública, Campinas, v. 18, n. 2, p. 383-398, nov. 2012.

HABERMAS, Jürgen. Direito e Democracia: entre facticidade e validade, volume I – volume II; tradução: Flávio Beno Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

LOSEKANN, Cristiana. A esfera pública habermasiana, seus principais críticos e as possibilidades do uso deste conceito no contexto brasileiro. Pensamento Plural, Pelotas, n. 4, p. 37-57, janeiro-junho 2009.

TESSMANN, Erotides Kniphoff. Sociedade civil e (Re) construção do espaço público: Gestão democrática ambiental para reflexão na esfera pública. In: XVI Encontro Preparatório para o Congresso Nacional CONPEDI, 2007, Campos/RJ. Rio de Janeiro: Boitex, 2007.

FACHIN, Gleisy Regina Bories; HILLESHEIM, Araci Isaltina de Andrade, Periódico Científico: padronização e organização. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2006.

MUGNAINI, Rogério. Caminhos para adequação da avaliação da produção científica brasileira: impacto nacional versus internacional. 2006. 253 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)- Escola de Comunicação e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Theóphilo, C. R., & Iudícibus, S. (2005, setembro) Uma análise crítico-epistemológica da produção científica em Contabilidade no Brasil. Anais do Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação, Brasília, DF, Brasil, 29.

Reinert, M.P. (1987). Classification Descendante Hierarchique et Analvse Lexicale par Contexte - Application au Corpus des Poesies D’A. Rihbaud. 13.

Sbalchiero, S., e Tuzzi, A. 2016. “Scientists’ Spirituality in Scientists’ Words. Assessing and Enriching the Results of a Qualitative Analysis of in-Depth Interviews by Means of Quantitative Approaches”. Quality & Quantity 50(3): 1333–48.

SPOHR, Alexandre Piffero et al. Participação Política de Mulheres na América Latina: O impacto de cotas e de lista fechada. Revista Estudos Feministas, v. 24, n. 2, p. 417–441, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-005

Refbacks

  • There are currently no refbacks.