Educação para a sustentabilidade em currículos da educação básica: implementação e desafios / Education for sustainability in basic education curriculums: implementation and challenges

Valdenildo Pedro da Silva, Julio Cesar de Pontes

Abstract


Ensinar para um bem-estar humano e sustentável é preocupação fulcral, devido às ameaças à sustentação da vida, às degradações e riscos socioambientais decorrentes de ações insustentáveis. Hoje, crianças nascem no meio de uma emergência de saúde global por coronavírus, de pobreza extrema, de mudança climática, e de poluições ambientais que ameaçam a sustentabilidade humana. Procurou-se analisar como a Escola Estadual Nestor Lima e o Instituto Federal do Rio Grande do Norte têm implementado princípios e ensinos da educação para a sustentabilidade em seus currículos. O estudo apoiou-se em revisão de literatura, fontes documentais e pesquisa direta. Os resultados mostram que os currículos e as práticas docentes das instituições pesquisadas não evidenciam a implementação de ações e estratégias educacionais concretas que expressem um educar para a sustentabilidade. Detectou-se, também, que inexistem fundamentos teóricos, por parte dos que fazem as instituições de ensino, sobre o que é e como deve ser uma educação em sustentabilidade na educação básica. Sabe-se que esse nível de educação desempenha papel imprescindível para o enfrentamento de riscos e desafios socioambientais. Por fim, a educação para a sustentabilidade não tem ocorrido na educação básica dessas instituições, tornando-se necessária transformá-la rumo a estratégias e ações mais sustentáveis à vida humana.

 


Keywords


Sustentabilidade; Educação em sustentabilidade; Ensino médio; Ensino fundamental.

References


BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2019.

BENTO, A. V. Como fazer uma revisão da literatura: considerações teóricas e práticas. Revista JA: Associação Académica da Universidade da Madeira, Portugal, ano 7, n. 65, mai. 2012. Disponível em: http://www3.uma.pt/bento/Repositorio/Revisaodaliteratura.pdf. Acesso em: 10 set. 2018.

CMMAD, Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Nosso futuro comum. Rio de Janeiro: Editora da Fundação Getulio Vargas, 1991.

CURY, C. R. J. A educação básica no Brasil. Educação e Sociedade, v. 23, n. 80, p.168-200, 2002.

EENL. Escola Estadual Nestor Lima. Projeto político pedagógico. Natal: EENL, 2018.

HUERTA, J. M. Lecciones de una década. Centro Nacional de Educación Ambiental, abr. 2014. Disponível em: < http://www.mapama.gob.es/es/ceneam/articulos-de-opinion/2014-04-martinez-huerta_tcm7-322136.pdf> Acesso em: 06 nov. 2018.

IFRN. Projeto político pedagógico. Disponível em: http://portal.ifrn.edu.br/institucional/default-page. Acesso em: 15 jun. 2019.

IPCC. Intergovernmental Panel on Climate Change. WGII AR5 technical summary climate change 2014: impacts, adaptation, and vulnerability. EUA: IPCC, 2014.

MCALEER, M. Prevention Is better than the cure: risk management of COVID-19. Journal Risk Financial Management, v. 13, a. 46, 2020. Available in: https://www.mdpi.com/journal/jrfm. Access in: 18 mar. 2020.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo-RS: Feevale, 2013.

RIPPLE, W. J. et al. Warnings from world scientists for humanity: a second warning. BioScience, v. 67, e.12, p. 1026–1028. Available in: https://doi.org/10.1093/biosci/bix125. Access in: 15 may. 2017.

SAWITRI, D. R. Education for sustainable sevelopment: how early is too early. Advanced Science Letters, v. 23, p. 2559–2560. Available in: https://core.ac.uk/download/pdf/84726551.pdf. Access in: 15 may. 2019.

UNESCO. Educação 2030: declaração de Incheon e Marco de Ação para a implementação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 4. Brasília: UNESCO, 2017. Disponível em: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this-office/single-view/news/education_2030_incheon_declaration_and_framework_for_action/. Acesso em: 15 fev. 2019.

UNITED NATIONS. Transforming our world: the 2030 agenda for sustainable development. ONU, 2015.

VEIGA, I. P. A. (Org.). Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. São Paulo: Papirus, 2002.

WAMSLER, C., BROSSMANN, J., HENDERSSON, H. et al. Mindfulness in sustainability science, practice, and teaching. Sustainability Science, v. 13: 143. Available in: https://link.springer.com/article/10.1007/s11625-017-0428-2#citeas. Access in: 15 may. 2019.

WOLFF L-A., SJÖBLOM P., HOFMAN-BERGHOLM M., PALMBERG I. High performance education fails in sustainability? a reflection on finnish primary teacher education. Education Sciences, v.7, n. 32. Available in: https://www.mdpi.com/2227-7102/7/1/32. Access in: 15 may. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-475

Refbacks

  • There are currently no refbacks.