História Intelectual: perspectiva sobre a pesquisa em educação no Brasil (1972-2017)/ Intellectual History: perspective on research in education in Brazil (1972-2017)

Dyeinne Cristina Tomé

Abstract


O objetivo deste estudo é mapear as produções acadêmicas, teses e dissertações, nos programas de pós-graduação em educação, de instituições públicas e privadas em âmbito nacional, sobre a temática intelectuais, com foco nos estudos sobre intelectuais femininas. A finalidade da investigação é elaborar um estado do conhecimento, acerca das pesquisas desenvolvidas entre os anos de 1973 a 2017. O referencial teórico tem como base as discussões conduzidas por autores que investigam a temática. Para a realização de tal pesquisa utilizamos como fonte de coleta dos dados, a Plataforma Sucupira, que possibilitou uma a busca nos programas de pós-graduação por Estados brasileiros.


Keywords


História intelectual. Educação. Pesquisa. Estado do conhecimento.

References


BACELLAR, Carlos. O uso e o mau uso dos arquivos. In: PINSKY, Carla Bassanezi (Org.). Fontes Históricas. 3 ed. São Paulo: Contexto. 2015, p. 23-79.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, v. 23, n. 79, ago., 2002.

MOSCATELI, Renato. História intelectual: a problemática da interpretação de textos. In: LOPES, Marcos Antônio (Org.). Grandes nomes da história intelectual. São Paulo: Contexto, 2003, p. 48-59.

NASCIMENTO, Maria Isabel Moura. Formação de professores para a pesquisa em educação. In: LOMBARDI, José Claudinei; MACHADO, Maria Cristina Gomes; SCHELBAUER, Analete Regina. Educação em Debate: perspectivas, abordagens e historiografia. Campina: Autores Associados, 2006, p. 129-143.

PERROT, Michelle. Mulheres Públicas. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

RONCAGLIO, Cynthia. Pedidos e recusas: mulheres, espaço público e cidadania (Curitiba, 1890-1934). 177 f. Dissertação (Mestrado em História do Brasil) –Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1994.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educacional. Curitiba: Chapagnat, v. 6, n.19, set./dez., 2006, p. 37-50.

SILVA, Helenice Rodrigues da. A história intelectual em questão. In: LOPES, Marcos Antônio (Org.). Grandes nomes da história intelectual. São Paulo: Contexto, 2003, p. 15-24.

_____. Fragmentos da história intelectual: entre questionamentos e perspectivas. Campinas: Papirus, 2002.

SIRINELLI, Jean-François. Os intelectuais. In: RÉMOND, René. Por uma história política. Rio de Janeiro: FGV, 2003. p. 231-269.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-463

Refbacks

  • There are currently no refbacks.