Espacialização das concentrações de compostos orgânicos voláteis em postos combustíveis utilizando técnicas de geoprocessamento / Spaciation of concentrations of volatile organic compounds in fuel posses using geoprocessing techniques

Jerusa Tonete Felde, Paulo Costa de Oliveira Filho, Carlos Magno de Sousa Vidal

Abstract


Com a publicação da Resolução SEMA 032/2016, a fiscalização das responsabilidades ambientais dos postos combustíveis aumentou no Paraná. As licenças ambientais, exigem a realização de investigações de passivos ambientais como a contaminação do solo por vazamentos de combustíveis. Para isso, é realizado no empreendimento com suspeita de contaminação, a rede ou malha de vapores, a fim de identificar as áreas mais sujeitas a explosões e possível contaminação do solo. O presente trabalho propõe a realização do mapa temático de concentrações desses vapores com uso da interpolação matemática espacial por modelagem numérica do terreno (MNT) para a variável Composto Orgânico Volátil (COV). Deste modo, foi possível, dentro de intensa amostragem realizada, proporcionando uma densa malha de pontos amostrais por área, implementar o MNT e por operação de fatiamento, produzir o mapa temático evidenciando a distribuição espacial das maiores concentrações de compostos orgânicos voláteis em determinado posto combustível. Os resultados evidenciaram com precisão os locais de maiores concentrações, e que carecem maior atenção por parte dos gestores.


Keywords


Sistema de informações geográficas, modelo numérico do terreno, interpolação espacial, contaminação perigosa.

References


SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO PARANÁ. Resolução nº 32, de 21 de dezembro de 2016. Dispõe sobre o Licenciamento Ambiental, estabelece condições e critérios para Posto Revendedor, Posto de Abastecimento, Instalação de Sistema Retalhista de Combustível - TRR, Posto Flutuante e dá outras providências. Curitiba, PR, 21 dez. 2016.

BLOEMEN, H.J.Th.; BURN, J. “Chemistry and analysis of volatile organic compounds in the environment”. Blackie Academic & Porfessional, 1993.

ROSENBAUM, A. S.; AXELRAD, D. A.; WOODRUFF, T. J.; WEI, Y.H.; LIGOCKI, M. P.; COHEN, J. P. National estimates of outdoor air toxics concentrations. J. Air Waste Manage. Assoc. 1999, 49, 1138-1152.

KWON, J .; WEISEL, P . C.; TURPIN, B.; ZHANG, J.; KORN , L.R .; MORANDI , M.T.; STOCK T. H. ; COLOME, S. Source Proximity and Outdoor-Residential VOC Concentrations: Results from the RIOPA Study. Environmental Science & Technology / VOL. 40, NO. 13, 2006.

LORENZETT, D. B.; ROSSATO M.V.; NEUHAUS, M. Medidas de gestão ambiental adotadas em um posto de abastecimento de combustíveis. Revista Gestão Industrial. Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR Campus Ponta Grossa - Paraná - Brasil / v. 07, n. 03: p. 01-21, 2011.

OLIVEIRA P.T.S; AYRES, F.M.; PEIXOTO FILHO, G. E. C.; MARTINS, I. P.; MACHADO, N.M. Geoprocessamento como ferramenta no licenciamento ambiental de postos de combustíveis. Sociedade & Natureza, Uberlândia, 20 (1): 87-99, jun. 2008.

FELGUEIRAS, C.A.; CÂMARA, G. Modelagem Numérica de Terreno. In: CÂMARA, G.; DAVIS, C.; MONTEIRO, A.M.V. (Orgs.). Introdução à ciência da Geoinformação. 2005. Disponível em: . Acesso em: 12 de janeiro de 2018.

NAMIKAWA, L. M.; FELGUEIRAS, C. A.; MURA, J. C.; ROSIN, S.; LOPES E. S. S. Modelagem Numérica de Terreno e Aplicações. INPE- São José dos Campos. 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-450

Refbacks

  • There are currently no refbacks.