Índices radiométricos para estimativa de umidade do solo/ Radiometric index for soil moisture estimation

Sara Maciel Penachio, Samuel Almeida Santos de Oliveira, Felipe de Souza Nogueira Tagliarini, Ana Clara de Barros

Abstract


O sensoriamento remoto é uma ferramenta útil em diversas áreas ambientais e o uso de imagens de satélites é frequente para obtenção de diversos dados climáticos. A Fazenda Lageado pertence a cidade de Botucatu e corresponde a uma área de 940,4 ha. Para fins científicos é importante relacionar ferramentas do sensoriamento remoto com dados obtidos em campo. O NDVI e o NDWI são índices utilizados como ferramentas de geoprocessamento capazes de mensurar o vigor e a quantidade de água na vegetação, respectivamente. O presente trabalho tem por objetivo avaliar a eficiência da utilização de imagem de satélite, associada à aplicação do NDVI e o NDWI, para a detecção de umidade instantânea do solo na Fazenda Lageado, Botucatu – SP. O sensoriamento remote pode ser utilizado se for encontrada uma correlação significativa. O método estatítstico utilizado foi a regressão linear pelo software Origin, no qual o valor de p foi o parâmetro de validação, que indica a probabilidade da variável independente explicar a variável dependende por efeitos aleatórios. Neste estudo, não foi encontrado uma correlação num intervalo de confiança de 5% e sim num interval de 10% apenas entre umidade do solo a 60 cm e o índice NDWI.


Keywords


Sentinel, sensoriamento remoto, teor de água, solo, índice de vegetação, índice de água, NDVI, NDWI

References


BORATTO, I. M. P.; GOMIDE, R. L. Aplicação dos índices de vegetação NDVI, SAVI e IAF na caracterização da cobertura vegetativa da região Norte de Minas Gerais. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 16., 2013, Foz do Iguaçu. Anais… São José dos Campos: INPE, 2013. p. 7345-7352.

CARVALHO, W. A.; ESPÍNDOLA, C. R.; PACCOLA, A. A. Levantamento de solos da Fazenda Lageado Estação Experimental “Presidente Médici”. Boletim Científico da Faculdade de Ciências Agronômicas UNESP, Botucatu, n. 1, 1983. 95 p.

CHANCELLOR, W.J. Soil Physical Properties. In: CHANCELLOR, W. J. (Coord.). Advances in Soil Dynamics. St Joseph: Books & Journals, 1994. v. 1, cap. 2, p. 37-38.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – EMBRAPA. Sistema Brasileiro De Classificação De Solos. 3.ed. Brasília - DF, 2013. 342 p.

GAO, B. C. NDWI – A Normalized Difference Water Index for remote sensing of vegetation liquid water from space. Remote Sensing of Environment, New York, v. 58, p. 257-266, 1996.

HANKS, R.J. Applied Soil Physics: Soil Water and Temperature Applications. 2 ed. Castletown: Springer-Verlag, 1992. 159 p.

HONG, S.; SHIN, I. A physically-based inversion algorithm for retrieving soil moisture in passive microwave remote sensing. Journal of Hydrology, Republic of Korea, v. 405, n.1, p. 24-30, 2011.

JENSEN, J. R. Sensoriamento Remoto do Ambiente: Uma perspectiva em recursos terrestres. 1 ed. São José dos Campos: Parentese, 2009. 598 p.

Land Viewer. Disponível em: < https://lv.eosda.com/?s=Sentinel2&b=SWIR2,SWIR1,Red5&lat=-22.82112&lng=-48.28011&z=11&id=S2A_tile_20160917_22KGV_0&ir=88,3043,177,4206,621,2124>. Acesso em: 13.out.2016.

LORENZZETTI, J.A. Pricípios Físicos de Sensoriamento Remoto. São Paulo: Blucher, 2015. 293p.

ROUSE, J. W.; HAAS, R. H.; SCHELL, J. A.; DEERING, D. W. Monitoring vegetation systems in the great plains with ERTS. In: THIRD ERTS SYMPOSIUM, 3., 1973, Washington, DC. Anais... Washignton, DC: NASA, p. 309-317.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-418

Refbacks

  • There are currently no refbacks.