Desafios clínicos da hipnoterapia no cenário médico atual / Clinical challenges of hypnotherapy in the current medical scenario

Thais Carolina Alves Cardoso, Adriano Ferro Rotondano Filho, Natália Sousa Costa, Allan Neves Júnior, Gustavo Urzêda Vitória, Constanza Thaise Xavier Silva

Abstract


O objetivo desse trabalho é descrever o uso clínico da hipnoterapia na medicina moderna. Trata-se de uma revisão da literatura do tipo integrativa realizada a partir de 14 artigos, em que 10 desses abordam o uso clínico da hipnoterapia. Tais artigos foram publicados entre 2015 e 2019, em língua portuguesa, espanhola e inglesa, pesquisados nas bases de dados: Scientific Electronic Library Online (SciELO), Google Acadêmico e Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS). Foram utilizados os Descritores Ciências da Saúde (DeCS): “hipnose” e “relações metafísicas mente-corpo”. Foram utilizados também os livros: “Desbloqueie o poder da sua mente” de Michael Arruda (2018); “Hipnose Ericksoniana: estratégias para a comunicação efetiva” de Stephen Paul Adler (2017); e “Manual de Hipnoterapia Ericksoniana” de Sofia Bauer (2015). A hipnoterapia vem se constituindo como importante ferramenta terapêutica em situações traumáticas como em pacientes que sofreram abuso infantil, além de auxiliar na mudança de humor em pacientes durante a abstinência por uso de cocaína. A hipnose também vem mostrando uma importante ferramenta na recuperação de doenças como psoríase e nas complicações vasculares da diabetes. Portanto, seu papel na mudança comportamental do paciente perante a doença ou o trauma, juntamente com o seu uso comprovado na melhora de quadros físicos faz com que as pesquisas na área da hipnoterapia sejam fundamentais, além disso é necessário que ocorra a uniformização da legislação pertinente à prática hipnoterápica para reforçar a limitação da hipnose somente para profissionais devidamente capacitados.

 

Palavras-chave: Hipnoterapia. Hipnose. Terapias auxiliares.


Keywords


Hipnoterapia. Hipnose. Terapias auxiliares.

References


Guerra, I. F. S. Aplicação da hipnose clínica no tratamento das perturbações do comportamento alimentar: uma revisão da literatura. 2016. Faculdade de Medicinda da Universidade de Lisboa. Tese de Doutorado.

Arruda, M. Desbloqueie o poder da sua mente: Programe o seu subconsciente para se libertar das dores e inseguranças e transforme a sua vida. Editora Gente Liv e Edit Ltd, 2018.

Elkins, G. R.; Barabasz, A. F.; Council, J. R.; Spiegel, D. Advancing research and practice: The revised APA Division 30 definition of hypnosis. International Journal of Clinical and Experimental Hypnosis. 2015; 63(1):1-9.

Glass, A. W.; Reale, E. A. A Hipnose Como Aliada Terapêutica. ANAIS ELETRÔNICO CIC. 2019; 17(17): 1-5.

Adler, S. P. Hipnose Ericksoniana: estratégias para a comunicação efetiva. Tradução: Ana Teresinha Passarela Coelho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2017.

Bauer, S. Manual de Hipnoterapia Ericksoniana. 3a Ed.Rio de Janeiro: Wak, 2015.

Costa, R. M.; Lima, A. M.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-415

Refbacks

  • There are currently no refbacks.