Caracterização do fluxo suinícola no município de São Luís do Maranhão nos anos de 2016 a 2018 / Characterization of swine flow in the municipality of São Luís of Maranhão from 2016 to 2018

Dionisia Santos Carvalho Neta, Margarida Paula Carreira de Sá Prazeres, Lauro de Queiroz Saraiva, Helen Muriel Barros Barbosa, Luciano Santos da Fonseca

Abstract


 

O setor suinícola possui grande importância no mundo, principalmente no Brasil, o que torna importante o cadastramento das propriedades e fiscalização do trânsito suídeo na implementação das ações de agências de defesa agropecuária.  Objetivou-se com o estudo caracterizar o fluxo suinícola do município de São Luís, Maranhão. A pesquisa é do tipo descritiva, por meio do quantitativo de propriedades, sexo dos produtores, quantidade de suínos, tipo de exploração agropecuária, emissões de guia de trânsito animal (GTA) e as finalidades disponibilizados pelo banco de dados do Sistema de Integração Agropecuário (SIAPEC) da Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão, nos anos de 2016 a 2018. Os resultados demonstraram que a suinocultura em São Luís/MA progrediu nos cadastramentos ao longo dos três anos estudados, assim como, apresentou uma exploração comercial, com predomínio do sexo masculino nos cadastros durante os dois últimos anos analisados. Em relação ao fluxo de entrada intermunicipal em São Luís, aumentaram as emissões de GTA para o transporte com finalidade de abate, cria e engorda, destacando-se o ano de 2018. Houve poucos registros de movimentação interna em São Luís, enquanto o trânsito interestadual apresentou quantitativos melhores de fluxo de entrada e saída no Maranhão quando comparado ao fluxo intermunicipal, porém sem registros de destinação para São Luís. Conclui-se que a exploração agropecuária de suídeos no município de São Luís/MA tem potencial para favorecer a economia do estado, visando a importância do Serviço Veterinário Oficial em trabalhar as políticas de capacitação do servidor e educação sanitária aos suinocultores com vistas ao aperfeiçoamento do cadastramento e melhor caracterização do sistema produtivo, para melhor planejamento das políticas públicas voltadas ao desenvolvimento do setor.


Keywords


cadastro de propriedades, defesa agropecuária, suínos, trânsito animal

References


AGÊNCIA ESTADUAL DO MARANHÃO- AGED. Treinamento sobre o Sistema de Integração Agropecuária Informatizado- SIAPEC. 2015. Disponível em: . Acesso em:21/06/2019

CARVALHO, L.F.R.; MELO, C.B.; HADDAD, J.P.A. Cadastro da exploração pecuária e o controle do trânsito de bovídeos considerando a saúde animal no Brasil: uma breve revisão. Revista Brasileira de Medicina Veterinária, Rio de Janeiro, v.34, n.1, p.19-26, 2012.

COELHO, D. C.; FABRINI, J. E. Produção de subsistência e autoconsumo no contexto de expansão do agronegócio. Revista Nera. v.17 n.25, p.71-87, 2014.

COELHO, F. C., CRUZ, O. G.; CODEÇO, C. T. Epigrass: a tool to study disease spread in complex networks. Source Code for Biology e Medicine. v. 3, n. 1, p. 1-10, 2008.

COSTA JÚNIOR, M. B.; AROUCA, C. L. C.; MACIEL, M. P.; AIURA, F. S.; FONTES, D. O.; ROSA, B.O.; LIMA, C. A.; FERNANDES, I.S. Torta da polpa da macaúba para suínos em terminação. Revista brasileira de saúde e produção animal. v.16, n.2, p.325-336 abr./jun 2015.

GOMES, M. S., MENDES, B.O., MELO, T. L., LIMA, R. S., COSTA, C. J. P., SOUSA, S. R. S., BEZERRA, D. C.; BEZERRA, N. P. C. Caracterização de pequenas criações de suínos na cidade de São Luís – MA: aspectos socioeconômicos e manejo nutricional. In: 28° Congresso Brasileiro de Zootecnia, Goiânia, MG. Anais. n. 28, p. 1124-1129, 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA- IBGE. Produção da Pecuária Municipal 2018; Rio de Janeiro: IBGE, 2019. Disponível em: . Acesso em: 20/09/2019.

LEITE, A. I. Caracterização da suinocultura em Mossoró, Rio Grande do Norte: aspectos sanitários e riscos de zoonoses. xiv, 125 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal, 2014.

MARANHÃO. Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão. Portaria nº 595, de 20 de julho de 2016. Diretrizes gerais do programa estadual de sanidade suídea. [Diário Oficial da União] 2016.

MARINHO, G. L. O. C. Caracterização da atividade suinícola desenvolvida pelos produtores familiares de queijo em Nossa Senhora da Glória, semiárido sergipano. Dissertação (M.Sc.). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2009.

MELO, C. G. F., LOUZEIRO, P. P., BARBOSA, S. N., TAVARES, T. L., PINHEIRO, C. J., LIMA, R.S., ALVES, Y. M.; CUNHA, D. S. Dia de Campo em Suinocultura. IV Semana Acadêmica de Ciências Agrárias. Workshop de Pós-Graduação das Ciências Agrárias. São Luís/MA. Anais. n.2, p. 2-3, 2015.

MIELE, M.; WAQUIL, P. D. Estrutura e dinâmica dos contratos na suinocultura de Santa Catarina: um estudo de casos múltiplos. Estudos Econômicos. São Paulo, v.37, n.4, p.817-847, outubro-dezembro, 2007.

OLIVEIRA, C.S.F.; GONÇALVES, J.P.M.; UTSCH, J.B.; NICOLINO, R.R.; SILVA, M.X.; HADDAD, J.P.A. Trânsito de suídeos em Minas Gerais, Brasil. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia.v.65, n.5, p.1313-1320, 2013.

POETA, A. P. S., NETO, W. S., VERGARA, E. N., CAVAGNI, G. M., CORREA, A. M. R.; SANTOS, D. V. Panorama da suinocultura no Rio Grande do Sul. Informativo Técnico da secretaria estadual de agricultura, pecuária e agronegócio. v.05 n.7, 11p, 2014.

ROCHA, S. F.; OTTATI, A. M. A. A.; CAMPOS, R. T. Produção de caprinos e suínos nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Revista de política agrícola. Ano XXVII, n. 1, p.22-36, 2018.

SILVA FILHA, O. L.; PIMENTA FILHO, E. C.; SOUZA, J. F.; OLIVEIRA, Â. S.; OLIVEIRA, R. J. F.; MELO, M.; MELO, L. M.; ARAÚJO, K. Â. O.; SERENO, J.R. B. Caracterização do sistema de produção de suínos locais na microrregião do Curimataú Paraibano. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal. v.9, n.1, p. 07-17, jan/mar, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-399

Refbacks

  • There are currently no refbacks.