Avaliação dos estoques obsoletos a partir da aplicação da curva ABC(de): um estudo de caso em uma autarquia municipal da região metropolitana de Natal/RN / Evaluation of obsolete stocks from the application of the ABC (de) curve: a case study in a municipal authority of the metropolitan region of Natal /RN

Lucas Honorato de Souza, Marcus Vinicius Dantas de Assunção, Luciana Guedes Santos

Abstract


O presente artigo tem como objetivo avaliar os estoques obsoletos de um almoxarifado de uma autarquia municipal, sob a perspectiva do giro de estoque como critério de classificações dos materiais. O trabalho justifica-se pela evolução de umm método de identificação de estoques obsoletos, curva ABC(DE), utilizando-se como critério o giro de estoque, além da escassez de estudos acerca da temática de estoques obsoletos. O método foi estruturado em três etapas: I – fundamentação teórica sobre o assunto abordado; II – coleta de dados no sistema de informação utilizado no almoxarifado; III – aplicação das ferramentas de estoques. A etapa III foi subdivida em sete passos para que fosse possível um melhor planejamento e aplicação dos métodos. Os resultados demonstraram que a metodologia proposta é eficaz e pode ser aplicada tanto às organizações públicas quanto às privadas.


Keywords


Giro de estoques; Curva ABC(de); Estoques obsoletos.

References


ALMEIDA, D. & LUCENA, M. Gestão de estoques na cadeia de suprimentos. Revista Ecco. Revista da Faculdade de Economia e Ciências Contábeis da Universidade Metodista de São Paulo, n. 1, p. 34-49, 2. sem. 2006.

ALVARENGA, Antônio Carlos; NOVAES, Antônio Galvão N. Logística Aplicada, Suprimento e Distribuição Física. São Paulo, Edgard Beucher, 2000.

BALLOU, R. H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. Porto Alegre: Bookman, 2001. BALLOU, R.H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos. São Paulo: Bookman, 2006.

BOWERSOX, D. J. Logística empresarial: o processo de integração da cadeia de suprimento. São Paulo: Atlas, 2001

BRASIL, (1988). Constituição: República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, Serviço Gráfico. DIAS, M. A. Administração de Materiais: princípios, conceitos e gestão. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 2010

FERNANDES, F. C. F.; GODINHO FILHO, M.; Planejamento e Controle da Produção. São Paulo: Atlas, 2010, 270 p.

POZO, H. Administração de Recursos Materiais e patrimoniais: uma abordagem logística. São Paulo: Atlas, 2002.

Hamilton. Administração de recursos materiais e patrimônio. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

REH, F. John. Pareto's principle-The 80-20 rule. BUSINESS CREDIT-NEW YORK THEN COLUMBIA MD-, v. 107, n. 7, p. 76, 2005.

ROSENFIELD, D. B. Disposal of excess inventory. Operations Research, Linthicum, v. 37, n. 3, p. 404-409, 1989.

SILVA, J. P. Análise financeira das empresas. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2008. SLACK, Nigel et al. Administração da Produção. Atlas, São Paulo, 2009.

TUBINO, Dalvio Ferrari. Planejamento e controle da produção: teoria e prática . Editora Atlas SA, 2000.

VENDRAME, F.C. Administração de recursos materiais e patrimoniais, 2008, 66p. Apostila da disciplina de Administração. Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Lins, Lins.

VIANA, João José. Administração de materiais: um enfoque prático. São Paulo: Atlas 2002

. Administração de Materiais, um enfoque prático. São Paulo, Atlas, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-394

Refbacks

  • There are currently no refbacks.