A evolução do EAD no ensino superior e suas tendências na educação Brasileira / Evolution of EAD in higher education and its trends in Brazilian education

João Pedro Albino, Maria Lucia de Azevedo, Priscilla Aparecida Santana Bittencourt

Abstract


O Ensino a Distância (EAD) tem evoluído no Brasil com a implantação de cursos de educação corporativa, profissionalizantes, graduação e de pós-graduação entre outros, atingindo mais de 7 milhões de usuários para o EAD sempre em conjunto com a internet para seu crescimento seja ele acadêmico ou profissional. De 2000 para cá, a EAD cresceu 45.000% em número de alunos no país. No entanto, ainda fica de pé atrás com quem tirou diploma de graduação superior nessa modalidade de ensino. Quem mora longe de uma universidade ou não pode ir à aula todos os dias, a Educação a Distância (EAD) parece ideal. Por isso, ela tem conquistado tanto espaço. Em 2000, 13 cursos superiores reuniam 1.758 alunos. Em 2008 havia 1.752 cursos de graduação e pós-graduação lato sensu, com 786.718 matriculados segundo a Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed). O aluno para cursar uma graduação ou pós-graduação lato sensu precisa de organização, disciplina, muita dedicação, um bom acesso à internet, além de muita leitura. Um curso EAD é muito mais complexo que um curso presencial, pois há muitas atividades online para serem realizadas, vídeos aulas para ser assistidas em EAD. O EAD, Ensino à Distância, explora certas técnicas de ensino a distância, incluindo as hipermídias, as redes interativas de comunicação e todas as tecnologias intelectuais da cibercultura, nas quais se incentiva o novo estilo de pedagogia, que favorece, ao mesmo tempo as aprendizagens personalizadas e a aprendizagem coletiva em rede.

 


Keywords


EAD. Ensino à Distância. Educação. Ensino Superior

References


ALBINO, J. P. Exclusão Digital: Algumas Reflexões. 2008. Disponível em: . Acesso em: 12 de novembro de 2015.

AZEVEDO, F.H. A Aplicabilidade do Canal de Retorno com Sinais 2G no Ensino à Distância Trabalho apresentado na Mesa 3: Educação e Ambientes Midiáticos, no Primeiro Congresso Internacional de Mídia e Tecnologia., UNESP, São Paulo, 2017.

Comitê Gestor da Internet no Brasil – cgi.br. TIC Domicílios 2015 - Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nos domicílios brasileiros. Disponível em:

MEC, Portal, Educação Superior a Distância, conceito de EAD, http://portal.mec.gov.br/busca-geral/193-secretarias-112877938/seed-educacao-a-distancia-96734370/13105-educacao-superior-a-distancia, acessado em 30/08/2017, 10h.

MEC, Portal, MEC atualiza a regulamentação de EAD e amplia a oferta de cursos. http://portal.mec.gov.br/busca-geral/212-noticias/educacao-superior-1690610854/ 50451 -mec-atualiza-regulamentacao-de-ead-e-amplia-a-oferta-de-cursos, publicado em Quarta-feira, 21 de junho de 2017, 10h25, acessado em 30 de setembro de 2917, 11h.

PIVA JR., D. EAD na Prática. Planejamento, métodos e ambientes de educação online. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

ROSINI, A. M. As novas tecnologias da informação e a educação a distância, São Paulo: Thomson Learning, 2007.

PNAD. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Acesso à Internet e a Televisão e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal 2014. Rio de Janeiro: IBGE, 2016, p.89. Disponível em: . Acesso em: 13 de maio de 2016.

SANCHEZ. F. Número de brasileiros que fazem educação a distância pela internet: um estudo baseado em pesquisa direta junto aos internautas. Disponível em: . Acesso em: 30 de setembro de 2017.

VALENTE, J. A. Informática na Educação, Portal Educação Pública - CECIERJ, Tecnologia. Disponível em: http://www.educacaopublica.rj.gov.br/biblioteca /tecnologia/0003.html

UNIVERSIA, Educação a distância é a que mais cresce no Brasil, segundo censo do MEC, http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2016/02/22/1136578/ educacao-distancia-cresce-brasil-segundo-censo-mec.html#. Publicado em 22 de fevereiro de 2017. Acesso em 30 de setembro de 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-312

Refbacks

  • There are currently no refbacks.