Aspectos sócioeconômicos e climáticos que impactam a ocorrência de dengue no Brasil: análise municipal de 2008 a 2011 por regressões quantílicas para dados em painel / Socioeconomic and climate aspects that impact the dengue occurrence in Brazil: municipal analysis of 2008 to 2011 by quantile regression for panel data

Vitor Borges Monteiro, Jair Andrade Araújo

Abstract


Este trabalho investiga a relação entre variáveis socioeconômicas e climáticas sobre a incidência de dengue no Brasil, para os anos de 2008 a 2011 nos municípios brasileiros. Utiliza-se uma metodologia econométrica de regressões quantílicas para dados em painel, proposto por Koenker (2004). Os resultados preliminares indicam que as principais variáveis socioeconômicas que impactam casos de dengue são despesa em saneamento básico e densidade demográfica, com impactos negativos e positivos, respectivamente,  para todos os níveis de quantis. Já as principais variáveis climáticas que impactam a ocorrência de dengue são precipitação total, temperatura máxima e umidade, com impactos crescentes nos quantis. O trabalho corrobora com a literatura, reforçando a relação da incidência de casos de dengue com fatores socioeconômicos e climáticos, entretanto, apresenta essa relação sobre os quantis de incidência de casos dengue.


Keywords


Dengue, Regressão Quantílica, Dados em Painel

References


ABREVAYA, Jason and CHRISTIAN M. Dahl. The effects of birth inputs on birthweight. Jounal of Business and Economic Statistics. 26-4. Pages 379–397, 2008.

ALMEIDA, Eduardo. Econometria Espacial Aplicada. Campinas-SP, Editora Alínea, 2012.

AZIL, A.; LONG, S. A.; RITCHIE, S. A.; WILLIAMS, C. R.. “The development of predictive tools for pre‐emptive dengue vector control: a study of Aedes aegypti abundance and meteorological variables in North Queensland, Australia,” Tropical Medicine & International Health, 15(10), 1190-1197, 2010.

BACHE, Stefan Holst; CHRISTIAN M. Dahl; Johannes Tang Kristensen.. Headlights on tobacco road to low birthweight–Evidence from a battery of quantile regression estimators and a heterogeneous panel, 2011.

BEATTY, M; LETSON W.; EDGIL D.; MARGOLIS H. Estimating the total world population at risk for locally acquired dengue infection. 56th Annual Meeting of the American Society of Tropical Medicine and Hygiene. Am J Trop Med Hyg 77: Suppl 5170–257, 2007.

CABRAL, Joilson de A., FREITAS, Maria Viviana. Distribuição espacial e determinantes socioeconômicos e demográficos da Dengue nos municípios brasileiros. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos (RBERU) Vol. 06, n. 1, pp. 81-95, 2012

DA COSTA, Antônio Ismael; NATAL, Delsio. Distribuição Espacial da Dengue e determinantes socioeconômicos em localidade urbana no sudeste do Brasil. Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, Vol. 32, Nº 3, pag 232-6, junho 1998.

FLAUZINO RF, SOUZA-SANTOS R, OLIVEIRA RM. Dengue, geoprocessamento e indicadores socioeconômicos e ambientais: um estudo de revisão. Rev Panam Salud Publica.;25(5):456–61, 2009

GIBBONS R. V.; VAUGHN, D. W. Dengue: an escalating problem. BMJ 324: 1563–1566, 2002.

GOMES, B. S de M; BASTOS, S. Q de A; NASCIMENTO, B. R. Dengue em Minas Gerais: Uma análise da influência das variáveis socioeconômicas e climáticas. Revista de Economia, Anápolis-GO, vol. 11, nº 01, p.77-103 Jan./Ago. 2015.

HARRINGTON, L. C.; EDMAN, J. D.; SCOTT T. W. Why do female Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) feed preferentially and frequently on human blood? J Med Entomol 38: 411–422, 2001

JUNIOR, Claudio P S; MARTINS, Orleans S. Mulheres no Conselho Afetam o Desempenho Financeiro? Uma Análise da Representação Feminina nas Empresas Listadas na BM&FBOVESPA. Sociedade, Contabilidade e Gestão, Rio de Janeiro, v. 12, n. 1, jan/abr 2017.

KOENKER, R.; BASSET, G. Regression quantiles. Econometrica, v. 46, n. ???, p. 33-49, 1978.

KOENKER, R. Quantile regression for longitudinal data. Journal of Multivariate Analysis, v. 91, p. 74-89, 2004.

______. Quantile regression. New York: Cambridge University Press, 2005.

MARIONI, L. da S.; VALE, V. de A.; PEROBELLI, F. S.; FREGUGLIA, R. da S. Uma Aplicação de Regressão Quantílica para Dados em Painel do PIB. e do Pronaf Rev. Econ. Sociol. Rural vol.54 no.2 Brasília Apr./June 2016

MEKPARYUP, J.; SAITHANU, K.; TREEWONG, N..Analysis of effect of meteorological factors on the number of dengue fever patients with multiple linear regression. Global Journal of Pure and Applied Mathematics. ISSN 0973-1768 Volume 11, Number 3 (2015), pp. 1393-1397

MONDINI, Adriano; NETO, Francisco Chiaravalloti. Variáveis socioeconômicas e a transmissão de dengue. Rev Saúde Pública 2007;41(6):923-30

NERI, Marcelo C.; MOURA, Rodrigo L. Efetividade do "salário mínimo estadual": uma análise via regressões quantílicas para dados longitudinais. Econ. Apl. vol.12 no.2 Ribeirão Preto 2008

PEREDA, Paula C.; ALVES, D. C. de O.; RANGEL, Marcos de A. Elementos Climáticos e Incidência de Dengue: Teoria e Evidência para Municípios Brasileiros. FGV Conferences, 33º Meeting of the Brazilian Econometric Society, 2011.

SOUZA, Izabel C. A.; VIANNA, Rodrigo P. T.; MORAES, Ronei M. Modelagem da incidência do dengue na Paraíba, Brasil, por modelos de defasagem distribuída. Cad. Saúde Pública vol.23 no.11 Rio de Janeiro Nov. 2007

SHANG, C. S.; FANG, C. T.; LIU, C. M.; WEN, T. H.; TSAI, K. H.; KING, C. C.. “The role of imported cases and favorable meteorological conditions in the onset of dengue epidemics,” PLoS neglected tropical diseases, 4(8), e775, 2010

TAUIL, Pedro Luiz . Urbanização e ecologia do dengue. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 17(Suplemento):99-102, 2001

TAUIL, Pedro Luiz. Aspectos críticos do controle do dengue no Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 18(3):867-871, mai-jun, 2002

THAI, K. T.; CAZELLES, B.; VAN NGUYEN, N.; VO, L. T.; BONI, M. F.; FARRAR, J.; VRIES, P.J.. “Dengue dynamics in Binh Thuan province, southern Vietnam: periodicity, synchronicity and climate variability,” PLoS neglected tropical diseases, 4(7), e747, 2010.

YWATA, A. X. de C.; ALBUQUERQUE P. H. de M. Métodos e Modelos em Econometria Espacial: Uma Revisão. Rev. Bras. Biom., São Paulo, v.29, n.2, p.273-306, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-311

Refbacks

  • There are currently no refbacks.