Elaboração e análise sensorial de picolé de frutas zero lactose / Elaboration and sensory analysis of zero lactose fruit ice cream

Camila Alves Wan Der Maas, Liliane Stefane Silva de Oliveira, Thainá Taveira Condé, Caroline Alves de Oliveira, Cleidiane Gonçalves Barbosa, Luana Rodrigues da Silva, Ana Paula Pereira Ferreira, Jéssica Paula Fidelis, Roberta Caroline Rodrigues, Daniela Almeida do Amaral

Abstract


Com a mudança do padrão de vida da população brasileira e a busca por refeições rápidas e práticas tem sido percebido o aumento significativo da ingestão de produtos processados e ultraprocessados, de alto valor energético e baixo teor de micronutrientes que contribuem para o surgimento de doenças crônicas. Considerando o exposto, este trabalho objetivou elaborar um picolé de frutas sem lactose e sem aditivos e submetê-lo a análise sensorial afetiva. Para a produção do picolé, foram utilizados leite em pó zero lactose, leite integral zero lactose, mel, manga, amendoim, coco e morango. Após o preparo, o peso total da receita foi determinado sendo calculado o rendimento médio e a composição química. O picolé foi apresentado a 50 provadores não treinados de ambos os sexos, com idade entre 18 e 40 anos de uma Instituição de Ensino Superior em Belo Horizonte/MG sendo avaliado através de escala hedônica de 9 pontos e escala de intenção de 7 pontos. O atributo com melhor avaliação foi a aparência, seguida do sabor e aroma com notas médias de 8,76±0,51; 8,72±0,57 e 8,70±0,73, respectivamente, não sendo observadas diferenças significativas. Foi observado que 74%, 80%, 80% e 72% gostaram muitíssimo dos atributos aroma, sabor, aparência e textura, respectivamente, e atribuíram nota máxima ao produto. Assim como os resultados da avaliação dos atributos sensoriais que demonstraram ótima qualidade, a intenção de consumo e de compra seguiu a mesma tendência. Houve alta intenção de consumo e de compra com médias de 6,26±1,06 e 6,38±1,15 não sendo observada diferença significativa. Conclui-se, através dos resultados que o produto possui ótima aceitabilidade e alta viabilidade de mercado.

 


Keywords


Análise sensorial. Alimentos. Hábito alimentar.

References


ARAUJO, J. M. et al. Determinação da atividade antitríptica em proteínas de produtos do amendoim isoladas por cromatografia de afinidade. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Quim. Nova, v.37, n.10, p.1618-1623, 2014.

ARNAUD A. F. et al. Perfil sensorial de méis de Apis mellifera L., 1758 (hymenoptera, apidae) produzidos na microrregião de Catolé do Rocha – PB. Revista Verde, Mossoró, RN. v.3, n.4, p.73-85 Out/dez, 2008.

AZERÊDO L. P. M. et al. Elaboração e caracterização de doce de coco adicionado de diferentes concentrações de rapadura. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Pombal, PB. v. 10, n.3, p 30 - 34, jul-set, 2015.

BOFF, C. C. et al. Desenvolvimento de sorvete de chocolate utilizando fibra de casca de laranja como substituto de gordura. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 43, n. 10, p. 1892-1897, Oct. 2013.

BOTELHO, G.; LAMEIRAS, J.; Adolescente e obesidade: considerações sobre a importância da educação alimentar. Acta Port Nutr, Porto, n. 15, p. 30-35, dez. 2018.

CARDOSO, W. S. et al. Desenvolvimento de uma salada de frutas: da pesquisa de mercado à tecnologia de alimentos. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 30, n. 2, p. 454-462, Jun, 2010.

CAUS S. et al. Obtenção de Bebidas à Base de Extrato Hidrossolúvel de Soja com Polpa de Frutas. Revista Ciências Exatas e Naturais, Unicentro, PR. v.10 n.1, Jan/Jun, 2008.

CLEMENTINO, I. M.; NASCIMENTO, J.; CORREIA R.T.P. Sobremesa láctea aerada tipo mousse produzida a partir de leite caprino e frutas regionais. Rev. PublICa II. v.01. n.08. 2007.

CORREIA, C. C.; SANTOS, A. B.; CAMOLAS, J. O paradoxo insegurança alimentar e obesidade: uma revisão da realidade portuguesa e dos mecanismos associados. Acta Port Nutr, Porto, n.13, p.14-21, jun. 2018.

DUTCOSKY, S. D. Análise sensorial de alimentos. Editora Universitária Champagnat: Curitiba, 3. ed, 426 p., 1996

EIKI G. et al. Aceitação sensorial de sorvete a base de vegetais. Revista Geintec – Gestão, inovação e tecnologias, São Cristóvão/SE. v.5. n.4. p.2569-2578. 2015.

FEITOSA B. F. et al. Sobremesas lácteas prebióticas de manga: desenvolvimento e caracterização. Rev. Energia na Agricultura, v. 34 n. 2, p.271-282. 2019.

FERNANDES, R. C. S. et al. Desenvolvimento e avaliação sensorial de sorvete de iogurte (frozen) funcional com biomassa de banana verde e frutas vermelhas. Revista UNINGÁ Review, São Paulo, Brasil, v. 30, ed. 2, p. 17-22, 2017.

FERREIRA, E. L. et al. Avaliação sensorial de mel de abelhas indígenas de diferentes localidades do Brasil. Mensagem Doce Online, n.93. set, 2007.

GIROTTO, E. et al. Comportamentos alimentares de risco à saúde e fatores associados entre motoristas de caminhão. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, n. 3, p. 1011-1023, Mar. 2020.

GONDIM, J. A. M. et al. Composição centesimal e de minerais em cascas de frutas. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 25, n. 4, p. 825-827, Dec. 2005.

GURGEL. C. S. S. et al. Análise sensorial de sorvete de batata-doce. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais: Campina Grande, v.13, n.1, p.21-26, 2011.

JUNQUEIRA, S. F. et al. Elaboração e avaliação sensorial de gelado comestível de fruta adicionado de ervas. VII CONNEPI – Ciência, tecnologia e inovação: ações sustentáveis para o desenvolvimento regional, 2012. Congresso Norte e Nordeste de Pesquisa e Inovação. Palmas, TO.

LINDEMANN, I. L.; OLIVEIRA, R. R.; MENDOZA-SASSI, R. A. Dificuldades para alimentação saudável entre usuários da atenção básica em saúde e fatores associados. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 2, p. 599-610, Feb. 2016.

LOPES, A. C. S.; MENEZES, M. C.; ARAUJO, M. L. O ambiente alimentar e o acesso a frutas e hortaliças: “Uma metrópole em perspectiva”. Saude soc., São Paulo, v. 26, n. 3, p. 764-773, set. 2017.

LORA, S. C. P.; PRUDÊNCIO, E. S.; BENEDET. H. D. Avaliação sensorial de sorvetes elaborados com leite de cabra. Semina: Ciências Agrárias, online. v.27. n.2, p.221-230. Abr-Jun, 2006.

MACEDO, M. A. et al. Efeito da adição de polpa de caju sobre as qualidades sensoriais de iogurte integral adoçado com mel de abelha. Rev. Instituto de Laticínios Cândido Tostes, v.69, n.1, p.7-13, 2014.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. ABC do câncer: Abordagens básicas para o controle do câncer. Rio de janeiro: Instituto nacional do câncer, INCA, 2011.

MUNHOZ, M. P. et al. Efeito do exercício físico e da nutrição na prevenção do câncer. Revista Odontológica de Araçatuba, São Paulo. v.37, n.2, p. 09-16, Mai/Ago, 2016.

PARREIRAS. P. M. et al. Desenvolvimento de sorvete de kefir com polpa de manga: avaliação sensorial, físico-química e de bactérias ácido láticas. Semina: Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 40, n. 1, p. 109-118, jan./jun. 2019.

PEDROSO, W.; ARAÚJO, M. B.; STEVANATO, E. Atividade física na prevenção e na reabilitação do câncer. Dep.de Educação Física, Taubaté, set/dez 2015.

PINHEIRO, R. M. et al. Desenvolvimento de um sorvete à base de soja e vinho, a partir de formulação voltada ao atendimento da funcionalidade dos nutrientes. Nutrição Brasil, São Paulo. v. 14, n. 1, p.40-44. 2014.

REZENDE, R.C; BUENO, S.M. formulação e análise sensorial de iogurte de leite de cabra sabor morango. Rev. União das faculdades dos grandes lagos, v. 1, n. 1. p.1-10. 2017.

ROCHA, D. A. et al. Análise comparativa de nutrientes funcionais em morangos de diferentes cultivares da região de Lavras-MG. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal, v. 30, n. 4, p. 1124-1128, Dec. 2008.

SILVA, D. F. et al. Desenvolvimento e avaliação de sorvete com substancias desintoxicantes. Engenharia e Tecnologia, v.8, n.1, p.78-87. Abr, 2016.

SILVA, A. C. C. et al. Desenvolvimento e aceitação de sorvete de leite de cabra enriquecido com alfarroba. Higiene Alimentar, v.30. n. 258/259, p.114-118. Jul/Ago, 2016.

SILVA, J. A. et al. Consumo de frutas e verduras por adolescentes catarinenses ao longo de uma década. Ciênc. Saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 25, n. 2, p. 613-621, Feb. 2020.

SILVA, M. A. et al. O consumo de produtos ultraprocessados está associado ao melhor nível socioecocômico das famílias das crianças. Ciênc. Saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 24, n. 11, p.4053-4060, nov. 2019.

SOARES, L. P.; JOSÉ, A. R, S. Compostos bioativos em polpas de mangas ‘rosa’ e ‘espada’ submetidas ao branqueamento e congelamento. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal - SP, v. 35, n. 2, p. 579-586, Jun, 2013.

SOUSA, Y. A. et al. Avaliação físico-química e microbiológica de polpas de frutas congeladas comercializadas em Santarém-PA. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 23, e2018085. p.1-10, 2020.

TOMBINI, H. et al. Consumo de leite de vaca e derivados entre agricultores da região oeste do paraná. Alim. Nutr. Araraquara, v. 23, n. 2, p. 267-274, abr./jul. 2012.

TURECK, C. et al. Avaliação da ingestão de nutrientes antioxidantes pela população brasileira e sua relação com o estado nutricional. Rev. bras. epidemiol., São Paulo, v. 20, n. 1, p.30-42, Mar. 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-303

Refbacks

  • There are currently no refbacks.