Avaliação da rotulagem de queijo mussarela e presunto cozido fracionado em estabelecimentos comerciais na cidade de Cuiabá – MT / Labeling evaluation of fractionated mozzarella cheese and cooked ham in commercial establishments in the city of Cuiabá – MT

Leila Auxiliadora de Arruda Alencar, Cleise de Oliveira Sigarini Sander de Souza

Abstract


O presente estudo teve como objetivo avaliar a rotulagem do queijo mussarela e do presunto cozido fracionado, embalado e rotulado na ausência do consumidor, nos estabelecimentos comerciais da cidade de Cuiabá/MT. Foram visitados 71 estabelecimentos comerciais de pequeno, médio e grande porte. Permaneceram na amostra 36 estabelecimentos que fracionava, embalava e rotulava queijo mussarela e presunto cozido, na ausência do consumidor. O instrumento de pesquisa utilizado foi um Checklist, com os itens para a avaliação e aprovação da rotulagem. Foram avaliados 78 rótulos. Todos os estabelecimentos comerciais avaliados independente do porte, apresentaram irregularidades nas rotulagens, 58% dos itens estavam não conformes e 42% conformes, para todos os produtos estudados. Concluiu-se que os estabelecimentos estudados não têm praticado a correta rotulagem dos produtos avaliados, competindo aos órgãos autorizados, fiscalizar o cumprimento das leis e orientar a correta rotulagem, garantindo ao consumidor a escolha adequada e segura e aos estabelecimentos comerciais aconselha-se manter responsável técnico qualificado para essa atividade.


Keywords


Alimentos fracionados, Rotulagem de Alimento, Rótulo.

References


ANGUS, A.; WESTBROOK, G. Where Are They Now? Loner Living. Euromonitor International. Market Research Blog, 2019. Disponível em:. Acesso em 29 de dez. de 2019

ARAÚJO, H.M.C.; ARAÚJO, W.M.C.; BOTELHO, R.B.A.; ZANDONADI, R.P. Doença celíaca, hábitos e práticas alimentares e qualidade de vida. Rev. Nutr., Campinas, 23(3):467-474, 2010.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Decreto-Lei Nº 986, de 21 de outubro de1969. Institui normas básicas sobre alimentos. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Decreto-Lei/Del0986.htm>. Acesso em: 24 de jul 2019

_______. Ministério da Justiça. Código de Defesa do Consumidor (CDC). Lei n° 8 078/90 de 11 de setembro de 1990.

_______. Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Portaria nº 364, de 04 de setembro de 1997. Aprova o Regulamento Técnico para Fixação de Identidade e Qualidade de Queijo Mozzarela (Muzzarella ou Mussarela). Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 08 de setembro de 1997.

_______. Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Instrução Normativa nº 20, de 31 de julho de 2000. ANEXO VI - Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Presunto Cozido. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 03 de agosto de 2000.

_______. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC nº 259, de 20 de setembro de 2002. Aprova o Regulamento técnico para rotulagem de alimentos embalados. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 23 set. 2002.

_______. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC n.º 360, de 23 de dezembro de 2003. Regulamento técnico sobre rotulagem nutricional de alimentos embalados. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 26 dez. 2003a.

_______. Presidência da República. Casa Civil. Lei No 10.674, de 16 de maio de 2003. Obriga a que os produtos alimentícios comercializados informem sobre a presença de glúten, como medida preventiva e de controle da doença celíaca. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 19 de maio de 2003b.

_______. Ministério da Agricultura e do Abastecimento. Instrução Normativa Nº 22, de 24 de novembro de 2005. Aprova o Regulamento Técnico para Rotulagem de Produto de Origem Animal Embalado. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 08 de setembro de 1997 (nº 172, Seção 1, pág. 19.700). Disponível em: Acesso em: 31 julho 2019.

_______. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC nº 54, de 12 de novembro de 2012. Dispõe sobre o Regulamento Técnico sobre Informação Nutricional Complementar. Publicada no Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 13 de novembro de 2012. Disponível em: Acesso em: 03 janeiro 2020.

_______. Decreto nº 9.013, de 29 de março de 2017. RIISPOA - Regulamento da inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal. Regulamenta a Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950, e a Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989, que dispõem sobre a inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, de 29 de março de 2017.

CÂMARA, M. C. C.; MARINHO, C. L. C.; GUILAM, M. C.; BRAGA, A. M. C. B. A produção acadêmica sobre a rotulagem de alimentos no Brasil. Rev Panam Salud Publica. 2008;23(1):52–58.

CODEX ALIMENTARIUS. General standard for the labelling of prepackaged foods. CXS 1-1985. Revised in 2018. Disponível em: Acesso em: 22 dez. 2019.

CONCEIÇÃO, F.V.E.; GONÇALVES, É C. B. A. Avaliação da rotulagem nutricional de queijos e presuntos em supermercados na cidade do Rio de Janeiro. Higiene Alimentar, v. 21, n. 150, p.93-96, 2007.

CUIABÁ. Decreto nº 4.701 de 28 de agosto de 2008. Regulamentação da Lei Complementar nº 167 de 28 de dezembro de 2007, que criou o Serviço de Inspeção e Fiscalização dos produtos de Origem Animal no Município de Cuiabá e dá outras providências. Diário Oficial do Município de Cuiabá.

DISTRITO FEDERAL. Instrução Normativa DIVISA/SVS nº 16, de 23 de maio de 2017. Aprova a atualização do anexo da Instrução Normativa nº 4, de 15 de dezembro de 2014, que aprovou o regulamento técnico sobre boas práticas para estabelecimentos comerciais de alimentos e para serviços de alimentação.

Diário Oficial do Distrito Federal nº 31, 31de maio de 2017.

FERREIRA, M. A. M.; VENÂNCIO, M. M.; ABRANTES, L. A. Análise da eficiência do setor de supermercados no Brasil. Economia Aplicada, v. 13, n. 2, 2009, pp. 333-347.

INMETRO - Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia Portaria nº 157 de 19 de agosto de 2002. Aprova o Regulamento Técnico Metrológico estabelecendo a forma de expressar o conteúdo líquido a ser utilizado nos produtos pré medidos. Diário Oficial da União; Poder Executivo, de 20 de agosto de 2002. Disponível em: Acesso em: 31 julho 2019.

MARINS, B. R.; JACOB, S. C.; TANCREDTI, R. C. P. A rotulagem de alimentos praticada pelo estabelecimento fracionador. Será que obedece a legislação vigente? Revista Higiene Alimentar, v. 19, n. 137, p. 121-126, 2005.

MARINS, B.R.; JACOB, S.C.; PERES, F. Avaliação qualitativa do hábito de leitura e entendimento: recepção das informações de produtos alimentícios. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, 28(3): 579-585, jul.-set. 2008.

MOURA, R. L. Avaliação da rotulagem de presuntos fatiados comercializados na cidade de Quixadá-CE. Revista Higiene Alimentar, v. 24, n. 180/181, p. 182-184, 2010.

MOURA, R. L.; SANTOS, J. M. S.; RODRIGUES, G. F.; FREITAS, R. M. Avaliação da rotulagem de presuntos fatiados comercializados na cidade de Uruçuí-PI. VII CONNEPI – Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação. Palmas – Tocantins, 2012.

MOURA, R.L.; SANTOS, J.M.S. Avaliação da rotulagem de mortadelas fatiadas comercializadas em Piranhas – AL. Revista Brasileira de Agrotecnologia, v. 7, n. 2, 2017. ISSN: 2317-3114.

NEUBUSER, M. E.; ZAMBERLAN, L.; SPAREMBERGER, A. A satisfação do consumidor de supermercados. Revista de Administração. v. 3, n. 4, 2004. Disponível em: Acesso em: 14 de janeiro de 2020.

PARANÁ. SESA - Secretaria de Estado da Saúde. Resolução SESA N° 469/2016. Regulamento técnico para o fracionamento de produtos derivados de origem animal em estabelecimentos varejistas com atividade de Autosserviço. Diário Oficial Executivo, Curitiba, 23 de novembro de 2016.

SANTOS, T.P.; PINHEIRO, R.E.E.; KLEIN Júnior, M.H. Análise da rotulagem de produtos cárneos comercializados em Teresina, Piauí. Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal. v.9, n.3, 2015. ISSN: 1981-2965.

SISP. Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Animal de São Paulo. Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de são Paulo. Manual de rotulagem de produtos de origem animal. Campinas, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-265

Refbacks

  • There are currently no refbacks.