Repercussões cardíacas ocasionadas por transposição corrigida de grandes artérias - um relato de caso / Heart repercussions occasioned by correct transposition of great arteries - a case report

Ana Carolina Gomes Siqueira, Matheus Moreno de Oliveira, Letícia Reis Kalume, Jéssica Danicki Prado Fernandes, Eduardo José Ferreira Sales, Amanda Cristina de Souza, Lara Andrade Braga, Luiza Amélia Marques Vinhal de Carvalho

Abstract


As cardiopatias congênitas têm prevalência aproximada de 4,8/1.000 nascidos vivos, a transposição corrigida das grandes artérias é uma doença rara, e representa apenas cerca de 1% do grupo. A taxa de sobrevivência desses indivíduos dependerá dos tipos de lesões associadas.


Keywords


cardiopatia congênita, transposição corrigida de grandes artérias

References


LIMA, Taís Santos et al. Transposição dos grandes vasos: um mapeamento da literatura brasileira. Rev. enferm. UFPE on line, p. 4343-4355, 2016.

OLIVEIRA, Roger Pereira de et al. Transposição corrigida das grandes artérias: apresentação clínica tardia, na quinta década de vida. Arq. Bras. Cardiol., São Paulo, v. 91, n. 4, p. e35-e37, Oct. 2008. Available from. access on 29 Apr. 2020. https://doi.org/10.1590/S0066-782X2008001600015.

Vargas, R. P., & Soares, G. P. (2017). Transposição corrigida das grandes artérias: Relato de caso. Revista De Saúde, 8(1S1),08-09. Recuperado de http://editora.universidadedevassouras.edu.br/index.php/RS/article/view/991

HUBER, Janaína et al. Cardiopatias congênitas em um serviço de referência: evolução clínica e doenças associadas. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 94, n. 3, p. 333-338, 2010.

CROTI, Ulisses Alexandre et al. Portadora de transposição das grandes artérias operada em idade pré-escolar. Brazilian Journal of Cardiovascular Surgery, v. 22, n. 3, p. 367-368, 2007.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-044

Refbacks

  • There are currently no refbacks.