O enfermeiro e a amamentação pós câncer de mama: O desbravar das intervenções / The nurse and breastfeeding after breast cancer: Unveiling interventions

Jorge Ja, Gervásio Smd, Vador Rmf, Carlúcio Lr

Abstract


Introdução: Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS, 2018), afirmam que atualmente o Câncer de mama é o tipo de neoplasia maligna responsável pelo maior número de mortes de mulheres em todo planeta, chegando a 23% de casos de câncer no mundo. A sobrevida de mulheres diagnosticadas com câncer de mama em países desenvolvidos é de 85% e em desenvolvimento esse número diminue para 60%. Algumas mulheres estão ainda em fase reprodutiva e quando engravidam, expressam sua intensa vontade de amamentar mesmo após o tratamento com cirurgia, ou seja, mastectomia unilateral. A presente pesquisa visa fornecer subsídios para nortear o enfermeiro quanto a prescrição das intervenções do aleitamento materno da mulher pós câncer de mama, sendo resolutivo quanto as suas dúvidas, anseios, dificuldades e realização da técnica correta para uma amamentação efetiva. Objetivo: Destacar a atuação do enfermeiro frente ao aleitamento materno a mulheres que foram acometidas por câncer de mama, identificando suas dificuldades frente ao aleitamento e propor um protocolo de orientação para auxiliar no relacionamento desse binômio. Método: Foi utilizada revisão integrativa da literatura, por meio de artigos científicos nacionais e internacionais publicados nas bases de dados realizada por meio de buscas na Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Scientific Eletronic Labrary On-line (SCIELO) , livros e cartilhas/manuais do Ministério da Saúde, entre o período de 2010 a 2018. Foram utilizados artigos originais, em português e inglês, disponível na íntegra online, publicados nos últimos dez anos. A estratégia de busca foi realizada a partir dos cruzamentos dos Descritores em Ciências em Saúde (DECS): Aleitamento Materno, Câncer Mamário, Enfermeiro. Resultado: Foram selecionados 13 (treze) artigos, 3 (três) livros e 6 (seis) cartilhas/manuais do Ministério da Saúde para compor a revisão. Conclusão: Esta pesquisa infere que o enfermeiro está presente no período do puerpério orientando, supervisionando, estimulando e apoiando a mulher que passou pelo tratamento do câncer em sua nova tarefa: amamentar seu filho. Assim, após o levantamento dos dados necessários, elaborou-se um protocolo específico de orientação sobre amamentação para mulheres pós tratamento de câncer de mama.


Keywords


Aleitamento Materno, Câncer Mamário, Enfermeiro.

References


Costa, E. F. G.; Alves, V. H.; Souza, R. M. P.; Rodrigues, D. P.; Santos, M. V.; Oliveira, F. L. Atuação do enfermeiro no manejo clínico da amamentação: estratégias para o aleitamentomaterno.2018.Disponívelem:

Costa, M. A. S. M. Mastectomia profilática contralateral em pacientes com câncer de mama. 2018.Disponívelem:.Giugliani, E.R.J. Aleitamento Materno: Aspectos Gerais. 2013. Disponível em:

Internacional Agecy For Research on Câncer. Porcentagem de incidência por continente. Globocan. Washington - EUA, 2012. Disponível em: < https://www.iarc.fr/>.

Jr, H. A. A; Bellettini, G.; Liptrott, S. J.; Armeni, M. E.; Acqua, V. D.; Torti, F.; et. al. Amamentação de sobreviventes de câncer de mama 2010. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21078487

Mezzomo, N. R; Abaid, J. L. W. O Câncer de Mama na Percepção de Mulheres Mastectomizadas. 2012. Disponível em:

Oliveira, F. B. M; Silva, F. S; Prazeres, A. S. B. Impacto do Câncer de Mama e da Mastectomia na Sexualidade Feminina, 2017 Disponível em: < http:// http://pepsic.bvsalud.org/scielo Passanha, A.; Mancuso, A. M. C; Silva, M. E. M. P. Elementos Protetores do Leite Materno na

Pinheiro, A. B.; Lauter, D. S.; Medeiros, G. C.; Cardoso, I. R.; Menezes, L. M.; Souza, R. M. B. D..; Pinheiro, et al. Câncer de Mama em Mulheres Jovens: Análise de 12.689 Casos. Revista Brasileira de Cancerologia. 2013; 59(3): 351-359. Disponível em: .




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-039

Refbacks

  • There are currently no refbacks.