Avaliação da política de saúde do homem na atenção primária de um município do agreste Pernambucano / Evaluation of the men’s health policy in the primary care in a city in the agreste of Pernambuco

Werônica Cordeiro Pimentel, Iris Camilla Bezerra de Lima Vasconcelos, Raiza Raiane Silva Ribeiro, Janaina Yara Do Nascimento Prestes, Izabella Larissa da Silva, Milena dos Santos Albuquerque, Suziane Dias da Silva, Marcos André Araújo Duque

Abstract


Objetivo: Verificar como se desenvolve a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem (PNAISH) nas Unidades Básicas de Saúde do município de Lajedo-PE, Brasil. Métodos: Pesquisa quantitativa, descritiva, de caráter transversal, realizada com 27 homens usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e nove enfermeiras da atenção básica, do município supracitado, através de aplicação de questionário. Resultados: Os homens entrevistados reconhecem a importância dos serviços de saúde e demonstram satisfação quanto ao atendimento recebido no local, no entanto, a presença masculina ainda é escassa nas unidades de saúde – fato evidenciado pela reduzida amostra de participantes na pesquisa (27). Também foi verificada necessidadede qualificação profissional no tocante ao conhecimento das enfermeiras sobre a Política de Saúde do Homem. Conclusão: A implementação da PNAISH não se apresentou de maneira efetiva no município pesquisado, sendo necessário reformular estratégias e ações em saúde a fim de obter resultados mais expressivos.


Keywords


Atenção Primária à Saúde; Enfermagem; Saúde do Homem.

References


Albuquerque GA, Leite MF, Belém JM, Nunes JFC, Oliveira MA, Adami F. O homem na atenção básica: percepções de enfermeiros sobre as implicações do gênero na saúde. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 03 dez 2018]; 18(4): 607-614. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400607&lng=en.

Araújo MG, Lima GAF, Holanda CSM, Carvalho JBL, Sales LKO. Opinião de profissionais sobre a efetivação da Politica Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 27 nov 2018]; 18(4): 682-689. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400682&lng=en.

Cavalcanti JRD, Ferreira JA, Henriques AHB, Morais GSN, Trigueiro JVS, Torquato IMB. Assistência Integral a Saúde do Homem: necessidades, obstáculos e estratégias de enfrentamento. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 03 dez 2018]; 18(4): 628-634. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400628&lng=en.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sinopse do censo demográfico 2010. População residente, por sexo e grupos de idade, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação – 2010.

INCA – INSTITUTO NACIONAL DO CÂNCER. Câncer de próstata. [citado em 20 out 2018]. Disponível em: http://www2.inca.gov.br/wps/wcm/connect/tiposdecancer/site/home/prostata/definicao

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem: princípios e diretrizes. Brasília: MS; 2009.

Ministério da Saúde (BR). Gabinete do Ministro. Portaria 1.944, de 27 de agosto de 2009. Institui no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Diário Oficial da União. 2009; n. 165, p. 61, Seção 1.

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim epidemiológico HIV/AIDS 2016. 2017; 48(1).

Moreira RLSF, Fontes WD, Barboza TM. Dificuldades de inserção do homem na atenção básica a saúde: a fala dos enfermeiros. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 28 nov 2018]; 18(4):615-621. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400615&lng=en.

Moura EC, Santos W, Neves ACM, Gomes R, Schwarz E. Atenção à saúde dos homens no âmbito da Estratégia Saúde da Família. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2014 [citado em 29 nov 2018]; 19(2):429-438. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232014000200429&lng=en.

Moreira MA, Carvalho CN. Atenção Integral à Saúde do Homem: Estratégias utilizadas por Enfermeiras (os) nas Unidades de Saúde da Família do interior da Bahia. Saúde & Transformação Social/Health & Social Change [Internet]. 2016 [citado em 29 nov 2018]; 7(3):121-132. Disponível em:http://stat.intraducoes.incubadora.ufsc.br/index.php/saudeetransformacao/article/view/3660/4653

Mozer IT, Corrêa ACP. Implementação da Política Nacional de Saúde do Homem: o caso de uma capital Brasileira. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 30 nov 2018]; 18(4):578-585. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400578&lng=en.

Oliveira MM, Daher DV, Silva JLL, Andrade SSCA. Men's health in question: seeking assistance in primary health care. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2015 [citado em 29 nov 2018]; 20(1):273-278. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000100273&lng=en.

Pereira LP, Nery AA. Planejamento, gestão e ações à saúde do homem na estratégia de saúde da família. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 30 nov 2018]; 18(4): 635-643. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400635&lng=en.

Siqueira BPJ, Teixeira JRB, Valença NPF, Boery EN, Boery RNSO, Vilela ABA. Homens e cuidado à saúde nas representações sociais de profissionais de saúde. Esc. Anna Nery [Internet]. 2014 [citado em 05 dez 2018]; 18(4): 690-696. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452014000400690&lng=en.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-003

Refbacks

  • There are currently no refbacks.