O meio ambiente no meio do mundo: o fazer na educação infantil municipal em Macapá/Amapá / Environment in the middle of the world: the acting of a municipal kindergarten of Macapá city / Amapá state

Letícia Gardênia Carvalho dos Prazeres, Denise Costa Aguiar

Resumo


O objetivo da pesquisa foi investigar como o tema ambiental pode ser trabalhado na Educação Infantil na rede pública da cidade de Macapá (AP), em uma perspectiva crítica fundamentada na concepção de Paulo Freire e na abordagem de Reggio Emília. A pesquisa foi desenvolvida por meio de abordagem qualitativa, com revisão bibliográfica sobre a temática e levantamento de informações em fontes secundárias, em uma escola pública da cidade de Macapá (Amapá). Pode-se concluir que práticas diferenciadas à luz da pedagogia da infância, que concebe a criança como protagonista, que tem vez e voz, no planejamento e na execução de toda prática educativa, favorecem o processo de aprendizagem da temática ambiental. Ao final foi elaborada uma cartilha didática como suporte à Educação Ambiental infantil.


Palavras-chave


Educação Ambiental, Cartilha Didática, Participação, Protagonismo infantil.

Texto completo:

PDF

Referências


BRAGA, Ricardo (editor). Águas de areias. Recife: ANE, 2016. cap. 10, p. 277-303. Disponível em: . Acesso em: 10 FEV. 2020.

BRASIL. Lei n. 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Brasília: 27 de abr. de 1999. Disponível em . Acesso em: 04 de fev. 2020.

______. Lei nº 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Disponível em . Acesso em 15 out. 2018.

______. Resolução CNE/CEB 5/2009. Fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Básica – CNE. Diário Oficial da União, Brasília, 18 de dezembro de 2009, Seção 1, p. 18. Disponível em: . Acesso em: 02 ago. 2019.

BRASIL. Horta escolar ensina crianças sobre agroecologia, matemática e cidadania. Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, 05/06/2019. Disponível em: . Acesso em: 2019.

_____. Parâmetros Curriculares Nacionais. Terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental: temas transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998. 436 p.

__________. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. 3ª versão revista. Brasília. MEC, 2017.369 p.

CAMPOS, Marcelo Conceição da Rocha; PAIXÃO, Eliana do Socorro de Brito. Projeto Escola Verde – horta escolar e empreendedorismo sustentável: concepções e práticas para educação ambiental participativa em Macapá (AP). Educação em Debate, Fortaleza, ano 41, nº 79 - maio/ago. 2019. Disponível em . Acesso em: 5 jun. 2019.

CRUZ, Maria Emanuela de Oliveira. Tessituras da literatura afro-brasileira na sala de aula: o saber fazer das professoras da educação infantil. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais Aplicadas) – Universidade Estadual da Paraíba. Disponível em: . Acesso em: 2020.

DCNEI. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2010. 36 p. Disponível em: . Acesso em: 11 fev. 2019.

______. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. 562 p.

DELRIO, Graziano. Nossa responsabilidade para com as crianças pequenas e sua comunidade. In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FOREMAN, G. As cem linguagens da criança. Porto Alegre: Penso, 2016.

DICKMAN, Ivo; CARNEIRO, Sônia Maria Marchiorato. Paulo Freire e Educação ambiental: contribuições a partir da obra Pedagogia da Autonomia. R. Educ. Públ. Cuiabá, v. 21, n. 45, p. 87-102, jan./abr. 2012. Disponível em: . Acesso em: 17 mar. 2019.

EDUCAÇÃO INTEGRAL. Reggio Emilia: escolas feitas por professores, alunos e familiares. 25/06/2014. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2019.

FACHINELO, Alexsandra. O patrimônio ambiental em Canoas, Rio Grande do Sul: avaliação da conservação e recomendações de uso de áreas naturais remanescentes. Dissertação (Mestrado em Memória Social e Bens Culturais) – Centro Universitário La Salle – Unilasalle. 2912. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2019.

FARIAS, C.R.O. et al. A Experiência de produção de cartilhas autorais de educação ambiental nas escola. In: BRAGA, Ricardo (editor). Águas de areias. Recife: Associação Águas do Nordeste (ANE), 2016. cap. 10, p. 277-303. Disponível em: . Acesso em: 10 FEV. 2020.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: EGA, 1996.

______. Pedagogia do oprimido. 25ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

______. Política e educação. 11ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2018.

______. Pedagogia da esperança. Rio. 12ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2010.

FREIRE, Paulo; FAUNDEZ, Antonio. Por uma pedagogia da pergunta. Rio e Janeiro: Paz e Terra, 1985. (Coleção Educação e Comunicação: v. 15).

FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. Partir da infância: diálogos sobre educação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

FNDE. Encontro divulga boas práticas de ensino com a horta escolar. Ministério da Educação, 23/04/2009. Disponível em: . Acesso em: 18 mai. 2019.

GADOTTI, M. Pedagogia da terra. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2000. 217 p.

GANDINI, Lella. Participação dos pais na governança das escolas: uma entrevista com Sergio Spaggiari. In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FOREMAN, G. As cem linguagens da criança. Porto Alegre: Penso, 2016.

GENTILLE, Cristina. Educazione ambientale nelle scuole: una Cenerentola in attesa di finanziamenti. GreenNews, 23/10/2013. Disponível em . Acesso em: 21 ago. 2019.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

INEP. Censo Escolar da Educação Básica 2017. Notas Estatísticas. Brasília, 2017. Disponível em . Acesso em 18 ago. 2018.

MALAGUZZI, Loris. Invece il cento c’è (“De jeito nenhum. As cem estão lá”). In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FOREMAN, G. As cem linguagens da criança. Porto Alegre: Penso, 2016.

MESQUITA, Carolina. Hortas escolares e reaproveitamento de resíduos são apresentados em Fórum de Boas Práticas. Amapá, Todas as Notícias, 24/05/2019. Disponível em . Acesso em 10 jun. 2019.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Proposta de Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. 2012. Disponível em . Acesso em 05 fev. 2020.

______. Educação Ambiental: aprendizes de sustentabilidade. Cadernos Secad. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC), mar/2007. Disponível em: . Acesso em: 08 fev. 2020.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Evento avalia projeto e tenta intensificar ação de gestores. Assessoria de Comunicação Social do FNDE, 19/03/2010. Disponível em: . Acesso em: 15 mai. 2019.

MOYLES, Janet R. Só brincar? O papel do brincar na educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 2002.

NAAEE. NAAEE Early Childhood Environmental Education Guidelines for Excellence. Disponível em < https://cdn.naaee.org/sites/default/files/eepro/resource/files/community_engagement_-_guidelines_for_excellence_0.pdf>. Acesso em 15 out. 2018.

OLIVEIRA, Sofia dos Reis Miranda Laureno et al. Implantação de hortas pedagógicas em escolas municipais de São Paulo Demetra: alimentação, nutrição & saúde, 2018; 13(3); 583-603. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2019.

PPP. Escola Municipal de Educação Infantil. Projeto Político-Pedagógico. Macapá-AP 2019. Prefeitura Municipal de Macapá. Secretaria Municipal de Educação. Documento obtido na escola.

RABELO, Rejane das Chagas; GUTJAHR, Ana Lúcia Nunes; HARADA, Ana Yoshi. Metodologia do processo de elaboração da cartilha educativa “o papel das formigas na natureza”. Enciclopédia Biosfera. Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.11 n.21; p. 2015. Disponível em: . Acesso em: 12 fev. 2020.

RCNEI. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998. Disponível em: . Acesso em: 15 mai. 2019.

REED, Frances; MORRIS, Marian; PASSY, Rowena. Impact of school gardening on learning. NFER, 10/08/2010. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2019.

SANTOS, Núbia Agustinha Carvalho. Museu e escola: uma experiência de mediação entre as crianças de educação infantil e o espaço museológico. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Ceará. 2010. Disponível em: . Acesso em: 22 out. 2019.

SILVA, Maciara Gomes Leite da. Água, conhecimento e ação local: cartilha como instrumento de aprendizagem. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal de Pernambuco 2018. Disponível em: . Acesso em: 21 out. 2019.

TORRINHA, Rita. Crianças de 4 e 5 anos participam de caminhada ecológica no bairro Jesus de Nazaré. Notícias, 29.09.2016. Prefeitura Municipal de Macapá. Disponível em . Acesso em 28 set. 2018.

______. Oficina de reciclagem é implantada em escola municipal de Macapá. Notícias, 02.06.2017. Prefeitura Municipal de Macapá. Disponível em . Acesso em 02 out. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.