Incorporação de fibras curtas de bambu e carga de resíduo industrial de caulim flint em compósitos de matriz polimérica / Incorporation of short fibers of bamboo and load of industrial residue of caulim flint in polymeric matrix composits

Karla Suellen Lino Barbosa, Bruno Henrique Alves Mendes, Wassim Raja El Banna, Denílson da Silva Costa, José Antônio da Silva Souza, Deibson Silva da Costa

Resumo


Materiais que possuem geralmente descartes irregulares no meio ambiente estão sendo bastante estudados por pesquisadores com intuito de introduzi-los no mercado de maneira sustentável. Diante disso, foram produzidos materiais compósitos utilizando o método hand lay-up de matriz polimérica com inserção de fibras vegetais de bambu nos comprimentos de 15 e 30 mm. A matriz polimérica apresentou proporções de catalisador 1 % e acelerador 1,5 %, em volume, e a fração mássica de fibras de bambu inseridas foram de 3 %, variando o resíduo de caulim em 10, 20 e 30 %. Foram realizados ensaios de tração nos compósitos pela norma ASTM D 3039 e análises da superfície de fratura dos melhores resultados através da microscopia eletrônica de varredura – MEV. Os resultados de resistência mecânica à tração dos compósitos fabricados mostraram um desempenho semelhante ao da matriz plena, destacando-se os compósitos fabricados nas proporções de 20 % de resíduo de caulim e 3 % de fibras de bambu, apresentando uma resistência de 22 MPa e 27 MPa para os compósitos com fibras nos comprimentos de 15 e 30 mm, respectivamente. As análises morfológicas das superfícies de fratura evidenciaram, principalmente, fenômenos de fibras dispostas transversalmente na direção do carregamento e fibras rompidas.


Palavras-chave


Sustentabilidade; Compósitos; Resíduos Industriais; Fibras Vegetais.

Texto completo:

PDF

Referências


ANJOS, C. M. Utilização de resíduo de caulim em tijolos de solo-cal. Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental – Universidade Federal de Campina Grande, 2011.

ASKELAND, D. R; WRIGHT, W. J. Ciência e engenharia dos materiais. 3° ed. São Paulo: Cengage Learning, 2015.

CALLISTER, W. D; RETHWISCH, D. G. Ciência e engenharia dos materiais: uma introdução. 9° ed. Rio de Janeiro: LTC – Livros técnicos e científicos, 2016.

CARNEIRO, B. S.; ANGELICA, R. S.; SCHELLER, T.; CASTRO, E. A. S.; NEVES, R. F. Caracterização mineralógica e geoquímica e estudo das transformações de fase do caulim duro da região do Rio Capim, Pará. Cerâmica, v. 49, p. 237-244, 2003.

CARVALHO, L. H.; CAVALCANTI, W. S. Propriedades mecânicas de tração de compósitos poliéster/tecidos híbridos sisal/vidro. Polímeros: ciênc. e tecn., v. 16, p. 33-37, 2006.

COSTA, D. S. Estudo da influência de resíduos gerados pela indústria de mineração nas propriedades de compósitos de matriz poliéster reforçados com fibras naturais. Tese de Doutorado em Engenharia de Recursos Naturais – Universidade Federal do Pará, 2016.

MÁRTIRES, R. A. C. Caulim. DNPM. 2017. Disponível em: . Acesso em: 23 dec. 2017.

ROCHA JUNIOR, C. A. F.; ANGÉLICA, R. S.; NEVES, R. F. Sinthesis of faujasite-type zeolite: comparison between processed and flint kaolin. Cerâmica, v. 61, p. 259-268, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv4n3-025

Apontamentos

  • Não há apontamentos.