Avaliação da taxa de filtração glomerular pela fórmula CKD-EPI em um laboratório clínico de um hospital militar de Goiás / Evaluation of the glomerular filtration rate using the CKD-EPI formula in a clinical laboratory at a military hospital in Goiás

Fábio Castro Ferreira, Jhonathan Gonçalves da Rocha, Sérgio Henrique Nascente Costa

Resumo


O estudo objetivou avaliar a estimativa da taxa de filtração glomerular (eTFG) pela fórmula CKD-EPI como parâmetro de referência no auxílio diagnóstico da doença renal crônica (DRC), em pacientes atendidos no laboratório clínico de um hospital militar no município de Goiânia-GO. Trata-se de um estudo do tipo transversal, descritivo e retrospectivo de 6103 pacientes atendidos entre janeiro e dezembro de 2017. Os parâmetros considerados no estudo foram: idade, sexo, raça, resultado das dosagens de ureia, creatinina e microalbuminúria. A prevalência geral de DRC foi de 4,6%, sendo que as mulheres expressaram prevalências de 3,8%, 1,1%, 0,2% e 0,1% para as fases G3a, G3b, G4 e G5, enquanto que nos homens, os percentuais foram de 3,0%, 0,8%, 0,3% e 0,1%. A prevalência de DRC quando associado eTFG (< 60 mL/min/1,73 m²) e microalbuminúria (≥ 30 mg/g) foi de 6,2%. Na avaliação da DRC pela eTFG associada a idade e sexo, as mulheres apresentaram prevalência de 29,1% com idades entre 60-69 anos, 36,4% e 40,0% na faixa de 70-79 anos e 50,0% na faixa de 50-59 e 60-69 anos e os homens exibiram prevalência de 26,7% e 23,5% na faixa de 50-59 anos, 18,7% nas faixas de 60-69, 70-79 e 80-89 anos e 50,0% nas faixas de 50-59 e 60-69 anos para as fases G3a, G3b, G4 e G5 da DRC respectivamente.


Palavras-chave


Insuficiência Renal Crônica; Taxa de Filtração Glomerular; Creatinina; Ureia; Terapia de Substituição Renal.

Texto completo:

PDF

Referências


Guyton AC, Hall JE. Tratado de Fisiologia Médica.12ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier; 2011. p. 321.

Brasil. Ministério da Saúde (MS). Diretrizes clínicas para o cuidado ao paciente com doença renal crônica – DRC no Sistema Único de Saúde. Brasília, DF: MS; 2014.

Recomendações da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML): realização de exames em urina. Barueri, SP: Manole, 2017.

Kidney Disease: Improving Global Outcomes (KDIGO) CKD Work Group. KDIGO 2012 Clinical Practice Guideline for the Evaluation and Management of Chronic Kidney Disease. Kid¬ney Int 2013;3:1-150.

National Kidney Foundation. K/DOQI clinical practice guidelines for chronic kidney disease: evaluation, classification, and stratification. Am J Kidney Dis 2002;39:S1-S266

Jha V, Garcia-Garcia G, Iseki K, Li Z, Naicker S, Plattner B, et al. Chronic kidney disease: global dimension and perspectives. Lancet 2013;382:260-72.

Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Watanabe Y, Santos DR. Relatório do censo brasileiro de diálise crônica 2012. J Bras Nefrol [Internet]. 2014 Mar [cited 2019 July 26] ; 36( 1 ): 48-53. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002014000100048&lng=en.

Sesso RC, Lopes AA, Thomé FS, Lugon JR, Martins CT. Inquérito Brasileiro de Diálise Crônica2016. J Bras Nefrol [Internet]. 2017 Sep [cited 2019 July 26] ; 39( 3 ): 261-266. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002017000300261&lng=en.

Thome FS, Sesso RC, Lopes AA, Lugon JR, Martins CT. Inquérito Brasileiro de Diálise Crônica 2017. J Bras Nefrol [Internet]. [cited 2019 July 26]. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-28002019005013101&lng=en. In press 2019. Epub Mar 28, 2019. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2175-8239-jbn-2018-0178.

Fesler P, Mimran A. Estimation of Glomerular Filtration Rate: What Are the Pitfalls? Curr Hypertens Rep. 2011, 13:116–121.

Bowling CB, Inker LA, Gutiérrez OM, Allman RM, Warnock DG, McClellan W, et al. Age-Specific Associations of Reduced Estimated Glomerular Filtration Rate with Concurrent Chronic Kidney Disease Complications. Clin J Am Soc Nephrol. 2011, 6(12):2822-8.

Buron F, Hadj-Aissa A, Dubourg L, Morelon E, Steghens JP, Ducher M, et al. Estimating glomerular filtration rate in kidney transplant recipients: performance over time of four creatinine-based formulas. Transplantation. 2011, 92(9):1005-11.

Li JT, Xun C, Cui CL, Wang HF, Wu YT, Yun AH, et al. Relative performance of two equations for estimation of glomerular filtration rate in a Chinese population having chronic kidney disease. Chin Med J (Engl). 2012 Feb;125(4):599-603.

Internacional Federation of Clinical Chemistry and Laboratory Medicine (IFCC). Task Force on Chronic Kidny Disease (integrated Project) – (TF-CKD). Disponível em: www.ifccc.org/executive-board-and-council/eb-task-forces/task-force-on-chronic-kidney-disease/

Myers GL, Miller WG, Coresh J, Fleming J, Greenberg N, Greene T et al. Recommendations for improving serum creatinine measurement: a report from the Laboratory Working Group of the National Kidney Disease Education Program. Clin Chem 2006; 52(1):5-18.

Couto KG, Almeida AC, Lopes ALC, Santos NM, Ferreira JC, Silva ACR, et al. Prevalência de casos de insuficiência renal crônica (IRC) atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Rio Verde, Goiás. Rev. Salusvita (Impr.) 2017; 36(1):47-54.

Bastos RMR, Bastos MG, Ribeiro LC, Bastos RV, Teixeira MTB. Prevalência de doença renal crônica nos estágios 3, 4 e 5 em adultos. Rev Assoc Med Bras [Internet]. 2009 [cited 2019 July 26];55(1):40-44. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302009000100013

Pereira ERS, Pereira AC, Andrade GB, Naghettini AV, Pinto FKMS, Batista SR, et al. Prevalência de doença renal crônica em adultos atendidos na Estratégia de Saúde da Família. J Bras Nefrol [Internet]. 2016 Mar [cited 2019 July 26];38(1):22-30. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-28002016000100022&script=sci_arttext&tlng=pt

Piccolli AP, Nascimento MM, Riella MC. Prevalência da doença renal crônica em uma população do Sul do Brasil (estudo Pro-Renal). J Bras Nefrol [Internet] 2017 Dec [cited 2019 July 26];39(4):384-390. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-28002017000400384&script=sci_arttext&tlng=pt

Johnson AM. Aminoácidos e proteínas. In: Burtis CA, Ashwood ER, Bruns DE. Fundamentos de Química Clínica. Rio de janeiro: Elsevier; 2008. p. 295-325.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv4n3-007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.