Montagem de baixo custo para obtenção de curvas características de um micro aerogerador usando anemômetro a laser / Low cost assembly to obtain characteristic curves from a micro aerogenerator using a laser anemometer

Jacilene Martins Medeiros, Fernanda de Paiva, João Vitor Gomes de Araújo, Gabriel Antunes de Souza, Jáder Fernando Dias Breda, Thiago Franchi Pereira da Silva

Resumo


No Brasil, as principais fontes de energia distribuída são a hídrica e a petrolífera, classificadas como não renováveis. Devido à escassez de chuva, a diminuição dos poços de petróleo e o crescimento populacional, o país poderá passar por uma grande necessidade de racionamento de energia, atrelado ao aumento constante de sua tarifa. Diante do exposto, pesquisadores têm proposto novas fontes de energia, capazes de minimizar esses problemas. Visto que, no Brasil há uma grande incidência solar e poucos acidentes geográficos, o que contribui para uma ótima ocorrência de ventos, o uso de um aerogerador pode ser uma alternativa bastante viável. Esta tecnologia é constituída por um gerador elétrico integrado ao eixo de um cata-vento, pelo qual é possível converter energia eólica em energia elétrica. Desta forma, o objetivo deste trabalho é obter e analisar as curvas características de um micro aerogerador, utilizando um anemômetro a laser com aquisição de dados via plataforma Arduino, ambos desenvolvidos com materiais de baixo custo de produção. Por meio dessa análise, ao empregar uma frequência de 2800 rpm, a energia elétrica foi obtida com 58% de eficiência.


Palavras-chave


Aerogerador, Anemômetro, Arduino, Baixo custo, Curvas características.

Texto completo:

PDF

Referências


ARDUINO. Disponível em .

ANDRADE, D. G. (2016). A produção da energia elétrica na matriz energética brasileira., Rio de Janeiro.

ANEEL (2002). Atlas de energia elétrica do brasil, Agência Nacional de Energia elétrica do Brasil.

ANEEL (2016). Boletim Anual de Geração Eólica, Brasília.

BARCELLOS, S. N. (2014). Avaliação de potencial eólico para aerogeradores de pequeno porte, Universidade do Espírito Santo. Vitória.

CASTRO, R. M. G. (2003). Energias renováveis e a produção descentralizada: Introdução à energia eólica, Universidade Técnica de Lisboa.

DUTRA, R. (2008). Energia eólica: Princípios e tecnologias (Centro de referência para energia solar e eólica Sérgio de Salvo Brito, Rio de Janeiro, 2008), Disponível em http://www. cresesb.cepel.br/download/tutorial/tutorial eólica 2008 e-book. pdf.

INÁCIO, A. R., OLIVEIRA, M. C. D. S., BORGES, D.D. S., DE OLIVEIRA, J. L., AYRES, L. A. A. and DA SILVA, K. D. C. (2019). O aproveitamento da energia eólica, Revista de Iniciação Científica da Universidade Vale do Rio Verde 8(2).

NUNES, G. d. A. and MANHÃES, A. A. (2010). Energia eólica no brasil: uma alternativa inteligente frente às demandas elétricas atuais, Revista de divulgação do Projeto Universidade Petrobras e IF Fluminense 1: 163–167.

OLIVEIRA, C. P. d., MIYAMOTO, M. M. T., IZQUIERDO, R. C. and SIMIONI, GABRIEL, CIRILO DA SILVA, A. J. A. V. (2009). Procedimentos de ensaios de anemômetro de copo, X Salão de Iniciação Científica PUCRS.

POBLACIÒN, E. A. (2012). Influência das estruturas de suporte dos sensores nas medições da velocidade do vento propostas de correções às séries, Universidade do Porto.

RODRIGUES, R. V. (2014). Simulação do desempenho de aerogeradores de pequeno porte, Universidade Estadual de Campinas.

SILVA, G. R., TEIXEIRA, B. and LOPES, P. E. (2017). Anemometria. medição do vento para desenvolvimento de projetos eólicos., Braselco, energias que transformam o futuro.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv4n3-043

Apontamentos

  • Não há apontamentos.