Estudo da influência da sedimentação gravitacional da lama vermelha na resistência à chamas de compósitos poliméricos / Study of the influence of gravitational sedimentation of red mud on the flame resistance of polymeric composites

Haianny Beatriz Saraiva Lima, Bruno Henrique Alves Mendes, Julianne Silva Lalor, Karla Suellen Lino Barbosa, Denílson da Silva Costa, Wassim Raja El Banna, Deibson Silva da Costa

Resumo


O Estado do Pará é um dos maiores produtores de substâncias minerais do Brasil, como consequência vários resíduos são gerados conforme a produção, isso ocasiona enormes impactos ambientais, sendo assim necessário fornecer uma utilidade para esses resíduos. Esse trabalho tem como objetivo avaliar a influência da sedimentação gravitacional da lama vermelha nos compósitos poliméricos através dos ensaios de flamabilidade (IEC 60695-11-10 e ASTM D635). A lama vermelha passou por várias classificações granulométricas, utilizou-se a resina poliéster isoftálica, iniciador (1,5 % v/v) e acelerador de cobalto (1 % v/v), estipulou-se as frações mássicas de 40 % e 20 % para cada camada (sedimentada e suspensão), respectivamente. A fabricação dos compósitos foi realizada por moldagem manual em molde de silicone. Os compósitos apresentaram capacidade de resistência à chama, sendo que os compósitos de 40 % de lama vermelha sedimentada e em suspensão apresentaram melhor desempenho em relação à matriz plena.

Palavras-chave


Compósitos; Flamabilidade; Impactos Ambientais; Resíduos.

Texto completo:

PDF

Referências


AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AND MATERIALS ASTM D635-10 – Standard Test Method for Rate of Burnin or Extent and Time of Burning of Plastics in a Horizontal Position.

CALLISTER, W. D. Jr. Ciência e engenharia de materiais: uma introdução. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

CUNHA, E. J. S. Influência do uso de resíduo do processo Bayer nas propriedades térmicas e mecânicas de compósitos de base polimérica reforçados com fibra de Curauá. Tese de doutorado, 2015.

CUNHA, E. J. S. Degomagem de feixe de fibras de curauá (Ananas erectifolius S.) Influência das variáveis de processos na solubilidade do material péctico e nas propriedades mecânicas. 1998, 64 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química). Universidade Federal do Pará, Belém-PA, 1998.

EL BANNA, W. R. Influência do resíduo de flotação de minério de cobre nas propriedades físicas e mecânicas de compósitos de matriz termofixa e fibras de bananeira (Musa Sapientum, Musacae). Tese de doutorado, 2017.

IEC 60695-11-10 ed2.0 – Fire hazard testing – Part 11-10: Test flames – 50 W horizontal and vertical flame test methods.

RODRIGUES, D. N. Influência da adição de resíduo de mármore e granito em compósitos de matriz polimérica reforçados com fibra de coco. Dissertação de mestrado, 2016.

RIBEIRO, L. M. Flamabilidade e retardância de chama do compósito: poliéster insaturado reforçado com fibra de abacaxi (palf). Holos, ano 29, vol 1, 2013.

SILVA, A.; STILIANIDI, F. B.; BRAGA, J. B. P.; AZEVEDO, L. O R. Pará: a maior província mineral da terra. Revista Nosso Pará, Belém, n. 3, p. 78-89, dez. 1996.

ULLAH, S.; AHMAD, F.; SHARIFF, A. M.; BUSTAM, M. A. Synergistic effects of kaolin clay on intumescent fire retardant coating composition for fire protection of structural steel substrate. Polymer Degradation and Stability, v. 110, p. 91-103, 2014.

UTSTESTER. Classificação de material retardador de chama. Disponível em: < https://pt.utstesters.com/blog/flame-retardant-material-classification_b47 >. Acesso em: 24 jul. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv4n3-033

Apontamentos

  • Não há apontamentos.